Itamar Schulle cobra novas contratações no Santa Cruz: “Precisamos de um grupo coeso”

Tricolor terá seu primeiro desafio oficial em 2020 no próximo sábado (18), quando encara o Petrolina, no Arruda

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Rafael Melo - Divulgação - Santa Cruz

Contratado para assumir o Santa Cruz nesta temporada, o técnico Itamar Schulle ainda não está satisfeito com o plantel que tem em mãos. Às vésperas do debute no Campeonato Pernambucano, o comandante do Tricolor externou o desejo de trazer mais reforços, para a formação de um “grupo coeso”.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“Precisamos de mais do que uma contratação para os lados do ataque. Um meia também. São necessidades que temos. Por exemplo, tirei o Fabiano e tive que improvisar o zagueiro. Isso não é bom para um clube como o Santa Cruz. Falo isso porque quando as coisas não dão certo, o primeiro a responder por isso é o treinador. Precisamos de um grupo coeso “, declarou Itamar em coletiva após o empate sem gols diante do Campinense, na última segunda-feira, na Paraíba, em confronto amistoso.

O treinador também avaliou o período de pré-temporada e reconheceu que as construções de jogadas desponta como uma das principais adversidades da sua equipe.

“Tudo se pode melhorar. Uma das coisas que precisamos evoluir é a permanência da bola no meio, encostando nos jogadores da frente. Ter essa aproximação, essa chegada com homens que possam reter a posse. Em vez de ser atacado, atacar. Temos algumas dificuldades no grupo, onde temos que improvisar. Em algumas posições, temos poucas opções ou até mesmo só um atleta. Vamos ter que iniciar a competição dessa forma, tentando ajustar algumas situações “, analisou o comandante do Tricolor.

LEIA MAIS: