Jordi vê Vasco preparado para encerrar sequência sem vitórias contra o Flamengo: “Vai entrar para ganhar e quebrar isso”

Último triunfo cruz-maltino foi em abril de 2016, em Manaus, por 2 a 0; série atual contém cinco derrotas e nove empates

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/CSA - Centro Sportivo Alagoano

Abel Braga decidiu escalar um time alternativo para o clássico contra o Flamengo, nesta quarta-feira (22), às 21h (de Brasília), no Maracanã. Oportunidade para jogadores como Jordi, reserva de Fernando Miguel. O Vasco buscará interromper uma sequência de 14 jogos sem vitórias sobre o rival.

A história mais bonita do futebol agora tem um banco. Faça parte do meu BMG Vasco!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Faz parte do futebol. Flamengo passou pelo mesmo em 2015 e 2016 (2017), quando o Vasco teve uma sequência grande contra eles (seis triunfos e três empates). Não perdemos nenhuma. Vamos nos preparar para um novo ciclo e um novo caminho. Acredito que o Vasco vai entrar para ganhar e quebrar isso para inverter essa chave”, ponderou o goleiro.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Todo mundo aprende a importância desse jogo desde a base. É uma oportunidade para todos. Sabemos que tem de dar o melhor, o ambiente é diferente. A preparação e a semana que antecede ao jogo é diferente, envolve muita coisa. Todos os jogos e o último, em especial, foi uma grande partida. O Vasco se mostrou aguerrido e capaz de vencer um time que vinha muito bem no Brasileiro. Não será o contrário amanhã”, disse, em referência ao empate por 4 a 4, no segundo turno do Brasileirão de 2019.

Por conta do Mundial de Clubes, disputado em dezembro, o Flamengo começa o Estadual com uma equipe formada por meninos da base, já que os principais atletas estão em férias “atrasadas”. Por decisão própria, o Cruz-Maltino também poupará seus titulares, conforme avisou o técnico Abel Braga após a igualdade sem gol, em São Januário, contra o Bangu. Para Jordi, não haverá dificuldades no entrosamento vascaíno.

“É pouco tempo de preparação. Porém, os meninos se conhecem da base. Cada um sabe como o outro gosta. Isso facilita. Ontem, o Abel fez alguns reparos no treino: questões táticas de saída de bola. É um time que se conhece, isso facilita”, comentou o arqueiro.

Leia também:

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Goleiro, árbitro, fisiculturistas e lutadores de MMA: relembre ex-atletas que participaram do BBB

Técnico português do Avaí desabafa: “Estar aqui só por estar não vale a pena”

Vasco convida sobreviventes do incêndio no Ninho para testes após dispensa do Flamengo