Home Rugby Leis do Rugby podem mudar e testes devem começar ainda em 2020

Leis do Rugby podem mudar e testes devem começar ainda em 2020

Mudanças nas regras do jogo preveem maior rigor com lances de contato e limite de faltas por equipes

Leonardo Chaves
Colaborador do Torcedores.com.

As leis do Rugby, livro com as regras e todos os procedimentos do esporte, podem sofrer alterações nos próximos anos. Essas mudanças vão passar por um período de testes em vários torneios pelo mundo ao longo de 2020. Se forem bem-sucedidas, serão efetivadas.

PUBLICIDADE

Entre mudanças estudadas para o jogo, há tackles altos punidos com maior rigor, um limite para falta coletivas, entre outros. Confira abaixo um pouco da proposta de mudança estipulada para cada regra.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

PUBLICIDADE

Siga o Torcedores também no Instagram

Leis do Rugby mais severas com tackles altos

Os árbitros deverão punir com mais rigor os tackles altos no rugby. Todos os tackles em que um jogador for atingido na cabeça valerão advertência contra o tacleador. Em caso de reincidência, o jogador infrator será suspenso da partida seguinte.

Além disso, será testada uma nova regra do jogo que prevê que os tackles acima da cintura deverão ser passíveis de punição.

Limite coletivo de faltas

Uma das mudanças nas leis do Rugby que vai ser testada será a do limite de penalidades cometidas por equipe. Quando uma equipe atingir o limite, o jogador que cometeu a falta seguinte receberá cartão amarelo.

PUBLICIDADE

Possibilidade de revisão dos cartões amarelos

Poderá ser feita a revisão da punição por catão amarelo. Durante os 10 minutos que o jogador estiver suspenso, o TMO (árbitro de vídeo) poderá ser chamado, e se for o caso, o amarelo pode ser revertido para cartão vermelho.

Drop out para o time que impedir um try

Se um jogador passar a linha do in-goal e a defesa da equipe adversária o impedir encostar a bola no solo para fazer o try, a posse de bola será concedida à equipe defensora. Assim, ela vai poder fazer o drop out de dentro da área do in-goal. Essa vai ser outra mudança que será submetida a testes.

Mudanças nas leis do Rugby e o Brasil

Uma das alterações das regras do jogo vai afetar diretamente a seleção brasileira, pois será testada no Americas Rugby Championship desse ano. É o chamado chute 50/22. Essa regra vai estabelecer que a equipe que chutar a bola de seu campo de defesa e a bola sair depois da linha dos 22 metros, tocando antes dentro do campo, o time que chutou cobrará o lateral. Também se um jogador chutar de trás da linha dos 22 metros de seu campo e a bola sair pela lateral no campo do adversário, a sua equipe cobra o lateral.

LEIA MAIS

PUBLICIDADE

Margrith Weiss representa o Brasil no sorteio da Copa do Mundo de Rugby League de 2021

Ex-presidente da CBRu Sami Arap assume Conselho de Ética no COB

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial