Mbappé evita comparação com Neymar, mas escolhe CR7 em duelo com Messi

Em entrevista ao Esporte Espetacular, Mbappé falou sobre diversos assuntos, comparações no futebol, mas evita se comparar a Neymar

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Foto: Reprodução Facebook oficial PSG - Paris Saint-Germain

Um dos jogadores mais ‘brasileiros’ do elenco do PSG, o jovem francês Mbappé já coleciona títulos importantes e marcas pessoais em sua carreira promissora. Com apenas 21 anos já é campeão Mundial.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Hoje em entrevista ao Esporte Espetacular, Mbappé foi questionado em diversos duelos e não titubeou em suas escolhas. Exceto com a de seu companheiro de PSG, Neymar. “Jogamos na mesma equipe, não comparo jogadores do mesmo time. Isso não é bom. Neymar é um artista, teve seus momentos difíceis e começou a se recuperar pouco a pouco. É uma honra jogar com ele. Ele ainda se tornou um amigo, e isso é legal demais”, afirmou.

Porém, não fugiu da dividida entre Cristiano Ronaldo e Messi: “Cristiano, com certeza. Mas o Messi… É bem difícil essa. Eu jamais poderia falar mal do Cristiano. Mesmo quando não faz um grande jogo, joga bem”.

Veja outros duelos no qual Mbappé opinou:

Thiago Silva ou Van Dijk?

“O Monstro. Está em alto nível há dez anos. Van Dijk pode ser o melhor do mundo hoje, mas tem uma história que está começando.”

Pelé ou Maradona?

“Estão no mesmo nível, são lendas do futebol. Sei da rivalidade Brasil e Argentina, mas se tirarmos isso, eles podem jogar juntos. Um no meio, outro mais a frente, como nove.”

Ronaldo ou Ronaldinho Gaúcho?

“Impossível, impossível. É como escolher entre seu pai e sua mãe, fizeram muita gente sonhar, como eu. Ronaldo jogou no Barcelona e Real, e ninguém o detesta. Ronaldinho com sua alegria, não dá para não gostar deles.”

LEIA MAIS