Venda de Michael ao Flamengo é a 3ª maior transferência entre clubes brasileiros; veja o top-10

Michael fica atrás apenas de Arrascaeta e Damião, que dividem a liderança, e Paulo Henrique Ganso, que aparece na segunda colocação com a troca do Santos pelo São Paulo em 2012

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Goiás

Após uma longa e exaustiva novela, o Goiás confirmou a venda de Michael para o Flamengo. O clube rubro-negro irá desembolsar 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões, na cotação atual) por 80% dos direitos econômicos do jogador, que chegou a receber proposta do Corinthians e ser especulado no Palmeiras após ser eleito revelação do Campeonato Brasileiro 2019.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Com o negócio sacramentado, Michael entra na lista das maiores transferências entre clubes brasileiros da história. Segundo levantamento do Torcedores.com, com dados do site Transfermarkt, especializado em mercado do futebol, o novo reforço rubro-negro entra na terceira colocação do ranking.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Michael só ficará atrás de Arrascaeta, que trocou o Cruzeiro pelo Flamengo, e Leandro Damião, que deixou o Internacional para vestir a camisa do Santos, ambos negociados por 13 milhões de euros, e Paulo Henrique Ganso, que em 2012 trocou o Peixe pelo São Paulo por 9,1 milhões de euros.

TOP-10 TRANSFERÊNCIAS ENTRE CLUBES BRASILEIROS:

1º – Arrascaeta (2019) – 13 milhões de euros (Cruzeiro – Flamengo)
Leandro Damião (2013) – 13 milhões de euros (Internacional – Santos)
2º – Ganso (2012) – 9,10 milhões de euros (Santos – São Paulo)
3º – Michael (2020) – 7,5 milhões de euros (Goiás – Flamengo)
4º – Lucas Pratto (2017) – 6,2 milhões de euros (Atlético-MG – São Paulo)
5º – Pablo (2019) – 6 milhões de euros (Athletico Paranaense – São Paulo)
Montillo (2013) – 6 milhões de euros (Cruzeiro – Santos)
Oscar (2010) – 6 milhões de euros (São Paulo – Internacional)
6º – Artur (2020) – 5,5 milhões de euros (Palmeiras – Red Bull Bragantino)
7º – Bruno Henrique (2019) – 5,33 milhões de euros (Santos – Flamengo)
8º – Luan (2020) – 5 milhões de euros (Grêmio – Corinthians)
Rodrigo Caio (2019) – 5 milhões de euros (São Paulo – Flamengo)
Paulinho (2012) – 5 milhões de euros (Coimbra-MG – Corinthians)
Dedé (2013) – 5 milhões de euros (Vasco – Cruzeiro)
9º – Giuliano (2009) – 4,7 milhões de euros (Paraná – Internacional)
10º – Matheus Fernandes (2019)- 4 milhões de euros (Botafogo – Palmeiras)

LEIA MAIS:
Zico aconselha Gabigol e destaca projeção com a camisa do Flamengo: “Foi artilheiro no Santos e não teve todo esse destaque”