Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

11 brasileiros que são campeões da Copa do Mundo pela Seleção e talvez você não saiba

Aniversário de Juninho Paulista motivou lista do Torcedores.com

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divulgação/Fifa

O ex-meia Juninho Paulista, que completa 47 anos neste sábado (22), muitas vezes é esquecido por alguns torcedores quando o assunto são os campeões do mundo de 2002.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Baseado nisso, lembre abaixo 11 jogadores que são campeões do mundo e talvez você não saiba:

Juninho Paulista
O meia jogava pelo Flamengo em 2002 e começou a Copa como titular, mas poucos lembram dele após Kléberson tomar a titularidade.

Anderson Polga
O zagueiro defendia o Grêmio e era um dos homens de confiança de Felipão. Poucos entenderam sua convocação, mas ele é campeã do mundo de 2002.

Paulo Sérgio
O atacante foi mais um homem de confiança do treinador a ganhar a Copa. Paulo Sérgio era atleta do Bayer Leverkusen e tomou a vaga que seria, na teoria, de Edmundo ou Evair em 1994.

Dadá Maravilha
O atacante, ídolo do Atlético-MG, é um dos mais folclóricos atletas do futebol brasileiro. O que poucos lembram é que ele fez parte da convocação final para a Copa do Mundo de 1970 e tem o título na conta.

Roberto Miranda
Outro jogador que poucos se lembram que esteve naquela seleção é Roberto Miranda, ex-meia do Botafogo.

Baldocchi
O ex-zagueiro do Palmeiras foi outra surpresa presente na conquista da Copa do Mundo de 1970.

Fontana
Seu companheiro de zaga reserva era Fontana, do Cruzeiro, que é mais um pouco lembrado quando o assunto é o tricampeonato da Seleção.

Jurandir
Os zagueiros comumente são os menos lembrados pelos torcedores. Também foi o caso de Jurandir, do São Paulo, na Copa do Mundo de 1962. Poucos se lembram do jogador como campeão do mundo.

Zequinha
Outro palmeirense que poucos lembram que tem o título de campeão mundial é Zequinha. O meia foi um dos três atletas do Verdão em 1962.

Moacir
O meia Moacir, ídolo do Flamengo, acabou apagado por muitos na Copa do Mundo de 1958, especialmente pelo brilho dos jovens Garrincha e Pelé.

Dida
Quem teve caminho parecido com o de Moacir foi Dida, que era referência naquela Seleção e é conhecido até hoje por ser o maior ídolo da vida de Zico. O que poucos lembram é que ele é campeão do mundo de 1958.

Leia mais:
Dribles, finalizações e assistências: novo reforço do Palmeiras, Rony liderou setor ofensivo do Athletico em 2019; veja números