Adílson diz que estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil foi ‘para esquecer’

Raposa saiu atrás no placar, virou mas tomou o empate com o São Raimundo-RR e se classificou para a próxima fase

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhidaFormado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro está na próxima fase da Copa do Brasil após o empate por 2 a 2 com o São Raimundo-RR nesta quinta-feira (13), em Roraima. Mas mesmo a classificação não fez o jogo da Raposa impedir de ser criticado por Adílson Batista.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

Na coletiva, o treinador cruzeirense mostrou que não gostou nada do jeito que sua equipe atuou diante da equipe da casa, apesar de ter conseguido reagir após sair com 1 a 0 atrás no placar do jogo.

“Houve ligação direta, jogo faltoso, de muito choque e falta parada. Claro que a gente fica contente pela classificação, mas é um jogo para esquecer. Eu, particularmente, não gostei nada. Não gostei hoje”, afirmou Adílson.

A arbitragem foi um dos aspectos bastante reclamados pelo treinador cruzeirense, assim como o gramado do estádio Canarinho, que não teriam favorecido ao estilo de futebol que o Cruzeiro queria jogar.

“Foi em relação à arbitragem, ao gramado, a bola fica muito viva. Foi tudo meio às pressas. O time deles tinha ligação, saída rápida e bola parada. A gente sabe que isso tudo faz parte do processo. Estou feliz com a classificação, mas o jogo em si, eu quero esquecer. A arbitragem muito horroosa, com muitas faltas e impedimento no lance do gol “, afirmou o comandante da Raposa.

LEIA MAIS

São Raimundo 2 x 2 Cruzeiro: assista aos melhores momentos da Copa do Brasil

(Crédito da foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)