Bruno Guimarães cita Ronaldinho e Zidane como referências e explica ida ao Lyon

Meio-campista concedeu a primeira entrevista coletiva como jogador do clube francês

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução/Twitter Lyon

Após disputar o campeonato Pré-Olímpico pela seleção brasileira, o meio-campista Bruno Guimarães está oficialmente apresentado como novo profissional do Lyon. Nesta quinta-feira (13), o jogador ex-Athletico Paranaense admitiu que despertou interesses de outros clubes do futebol mundial. De acordo com notícias da imprensa internacional, o Atlético de Madrid tentou contratá-lo.

“Agradeço aos clubes que estiveram interessados, isso mostra que o trabalho foi bem feito. Estou muito feliz por vir ao Lyon e farei de tudo para me integrar rapidamente”, iniciou Bruno Guimarães.

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Juninho (Pernambucano, diretor de futebol do Lyon) é um dos grandes responsáveis pela minha decisão. Ele ligou para minha família e meus agentes. Ele foi sincero e leal”, reconheceu.

“Me apresentou um projeto de carreira muito bom e foi isso que me fez querer vir”, prosseguiu Bruno Guimarães.

O jogador já treinou com o elenco. Nesse sentido, ele está disponível para a próxima partida. O Lyon vai receber o Strasbourg neste domingo (16), a partir das 11h. O duelo é válido pelo Campeonato Francês.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“É uma Liga de muita pegada, intensidade e espaços reduzidos para se jogar com a bola. Agradeço aos torcedores pelo apoio desde o começo da negociação. Se o treinador decidir me colocar em campo, é claro que estarei pronto”, concluiu Bruno Guimarães.

Veja a seguir outros assuntos da entrevista coletiva:

Presença – “Estive no Groupama Stadium no jogo contra o Olympique de Marselha e gostei muito do que vi. Há muitas coisas diferentes do que eu sei. Preciso conversar com o treinador para ver como vou me adaptar ao sistema. Ontem, durante o treinamento, eu estava com muitos brasileiros que já me ajudaram na minha adaptação”

Referências no futebol – “Se falamos do passado, diria Ronaldinho e Zidane, mas hoje penso em Kroos e Pogba”.

Leia também:

Indignado, Benjamin Back defende Neymar e detona árbitro por amarelo: “não deveria apitar nunca mais”