Choro e veto as redes sociais: agente revela orientações a Pedrinho após expulsão em eliminação do Corinthians

Meia-atacante Pedrinho acabou expulso justamente no jogo em que realizou o sonho de vestir a camisa 10 do Corinthians

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Daniel Augusto Jr/Corinthians

O meia-atacante Pedrinho virou o centro das atenções depois da expulsão na eliminação do Corinthians para o Guaraní-PAR na fase de pré-Libertadores 2020. Por isso, o Timão e os responsáveis por sua carreira estão o ‘blindando’ para evitar desgastes da imagem ou possível estresse com a torcida.

Com o meu BMG Corinthians o seu time sempre ganha. Abra sua conta!

Em entrevista ao UOL Esporte, o agente Will Dantas, responsável pela carreira do jogador, revelou que o camisa 10 alvinegro deixou a Arena chorando e sem conversar e lamentou os lances que originaram o cartão vermelho na partida.

“Ele saiu chorando bastante porque era o sonho da vida dele estrear na Libertadores com a camisa 10 do Corinthians e, infelizmente, existem coisas na vida que são alheias a nossa vontade. No primeiro lance ele escorregou, foi travar a bola a escorregou. E no segundo lance ele estava preocupado com o cara que estava atrás dele, tanto que segurou o cara no corpo e levantou a bola para dar a bicicleta, mas infelizmente o outro rapaz colocou a cabeça. Mesmo não acertando, o árbitro optou por dar o cartão amarelo”, disse o agente.

“Ele está tranquilo, está triste, lógico, abatido, mas falei para ele que são coisas da vida. São imprevistos que acontecem na carreira. Ele não foi o primeiro e também não será o último, mas é isso aí, bola para frente”, completou.

Assim, Pedrinho foi orientado a não assistir TV ou entrar nas redes sociais. A medida é para evitar o contato com comentários desagradáveis sobre o ocorrido na Arena de Itaquera e focar em dar a volta por cima.

“O pessoal do Corinthians deu todo apoio a ele: jogadores, comissão técnica, diretoria. E ele acabou indo embora mais cedo. Ele costuma sair, dar autógrafos, atender todo mundo no espaço do estacionamento, mas ontem estava tão triste que disse que queria ir embora, que queria ficar sozinho. Eu respeitei, falei para ele só para que não entrasse em redes sociais, não visse televisão”, afirmou Will Dantas.

“Os caras já se aproveitam de uma situação quando o atleta está bem, quando o acontece um negócio desses aí é lógico que vão aparecer aqueles para malhar. Mas é assim mesmo, é a vida e falei para ele que precisa se acostumar com esses momentos, que vai passar como tudo na vida passa. Ele está tranquilo, se Deus quiser se o treinador optar por ele no jogo contra o São Paulo ele vai fazer um bom jogo”, completou.

Pedrinho treinou normalmente na tarde desta quinta-feira (13) e está à disposição do técnico Tiago Nunes para a disputa do clássico Majestoso, sábado (15), no Morumbi, pelo Campeonato Paulista 2020.

NEGOCIAÇÃO EM ANDAMENTO

Em meio a toda a polêmica, a revelação da base do Corinthians está com conversas avançadas para defender o Benfica-POR a partir do meio meio do ano. Especula-se que o negócio gira no valor de 20 milhões de euros (R$ 94 milhões).

LEIA MAIS
Ex-jogador Vampeta dá conselho à torcida do Palmeiras e provoca: “Não tem copinha nem mundial”
Novo reforço revela corneta de tio palmeirense antes do acerto com o Corinthians: “Vai pra lá?”
Com caneta de Edilson em Karembeu, Timão comemora 20 anos do título mundial de 2000 nas redes sociais