Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Desafeto de Neymar defende o atacante após drible e cartão amarelo: “Não acho isso normal”

O árbitro da partida chamou atenção de Neymar após o atacante aplicar uma carretilha no adversário, quando o PSG já ganhava o jogo por 1 a 0 e o Montpellier tinha um jogador a menos

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Divulgação/PSG

Desafeto de Neymar e, inclusive, provocado pelo brasileiro após a vitória do Paris Saint-Germain sobre o Montpellier por 5 a 0 neste sábado (01), em jogo disputado no Parque dos Príncipes e válido pela rodada do Campeonato Francês, o atacante Andy Delort defendeu o camisa 10 do PSG pelo cartão amarelo recebido após ter dado uma carretilha em um  adversário.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

No lance, que aconteceu ainda no primeiro tempo, Neymar deu a carretilha no lateral Souquet e foi advertido pelo árbitro da partida pelo lance. Incomodado com a situação, o brasileiro reclamou e acabou recebendo o cartão amarelo.

Em entrevista após a partida, Delort foi questionado sobre o lance e saiu em defesa de Neymar. “Eu não a vi a jogada exatamente, e eu não entendi por que ele deu o amarelo, mas se foi por um drible, eu não acho isso normal”, disse o jogador do Montpellier.

Derlot ainda completou falando sobre a declaração polêmica que deu sobre Neymar, dizendo que o brasileiro é um grande jogador, mas não precisa ficar “tirando sarro” dos adversário. “Eu nunca disse que ele não era um bom jogador. Ele é um grande jogador dentro de campo, mostrou isso. Mas o que eu falei já é uma página virada”.

Quem também defendeu Neymar foi o zagueiro Kimpembe, companheiro do brasileiro no PSG. “Nós não vamos nos expor sobre os árbitros, mas é incompreensível. Ney perguntou o por que, o Verratti também e eu. A resposta dele foi bem bizarra, porque ele disse que o Neymar tirou sarro do adversário e por isso levou cartão. É bizarro, mas a gente não vai falar dos árbitros porque foi uma bela noite para nós e todos os torcedores do PSG”, afirmou.

LEIA MAIS:
Após término do jogo, Neymar fica “pistola” e tira satisfações com membro da arbitragem; assista