Federação Italiana de Futebol sugere mudança no VAR e vai pedir inclusão do “desafio” para Fifa

Itália foi um dos países pioneiros na implantação do recurso do árbitro de vídeo

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação - Federação Italiana de Futebol

Assunto de muita polêmica e discussão não só no Brasil como também em todo o futebol mundial, o VAR segue se aperfeiçoando e sendo adaptado conforme as necessidades exigidas. Nesta quinta-feira (14), a Federação Italiana de Futebol (FIGC) apresentou à Fifa uma espécie de “manifesto” do seus clubes afiliados solicitando que a revisão de lances duvidosos possa ser solicitada pelas equipes durante as partidas. Prática esta que já é adotada no tênis e também no basquete.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“A FIGC recolheu, nas últimas semanas, pedidos de vários clubes da Serie A e manifestou informalmente à FIFA a disponibilidade para experimentar o uso do challenge [revisão VAR a pedido de uma equipa], nos termos que o IFAB [International Board] considerar convenientes”, informou a FIGC, em comunicado divulgado no site oficial.

A federação da Velha Bota ainda lembra que “Itália foi um dos países pioneiros na adoção do sistema de VAR e considera que, com a implementação do challenge, o futebol “pode aproximar-se ainda mais dos adeptos, sem prejudicar a autoridade do árbitro, mas oferecendo-lhe ferramentas que o ajudem, de forma concreta”.

O “desafio” é algo já visto há muitos anos no tênis e basquete, onde a equipe de arbitragem recebe a solicitação para a verificação de um determinado lance duvidoso, contudo, há uma limitação de pedidos.

No futebol, somente o árbitro principal e o grupo responsável por operar o VAR pode decidir em verificar ou não a jogada, independente dos pedidos das equipes.

LEIA MAIS: