Goleadas e clássico paulista marcam início do Campeonato Brasileiro Feminino; confira o resumo dos jogos

Avaí/Kindermann, Santos, Ferroviária e Iranduba venceram seus jogos com boa margem de gols. Cristiane marcou em seu retorno à equipe da baixada santista

Raffa Carolina
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Campeonato Brasileiro Feminino começou nesse final de semana recheado de goleadas e nenhum empate. Entre os destaques da primeira rodada estão a 46ª vitória consecutiva do Corinthians e o desempenho da equipe do Iranduba, que não tomou conhecimento da Ponte Petra, vencendo por 5 a 0 –  Erica Gomes marcou dois gols na partida.

Quase todos os paulistas se deram bem em seus primeiros jogos: o Santos venceu por 4 a 0 o também reformulado Flamengo/Marinha, com destaque para Laryh, com dois gols. A Ferroviária venceu o Audax pelo mesmo placar (4 a 0), com gol de Chu, que retornou à equipe após 10 anos. O Corinthians venceu o principal clássico paulista contra o Palmeiras, com um 3 a 1 fora de casa, embora tenha feito um jogo irregular.

Você conhece o canal do Torcedores no YoutubeClique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Para encerrar a rodada, o São Paulo entrou em campo contra o Cruzeiro e perdeu por 1 a 0, com gol de Vanessa. Valçe destacar a atuação de Mary Camilo, goleira da Raposa, que fez boas defesas e defendeu um pênalti no final da primeira etapa. Confira abaixo o resumo dos oito jogos desta primeira rodada:

JOGOS DE SÁBADO

Avaí/Kindermann 7 X 0 Vitória

Jogando em casa, o Kindermann não tomou conhecimento do Vitória, um dos times mais novos do campeonato, e ganhou por 7 a 0. Imprimindo um ritmo forte na primeira etapa, fez quatro a zero, com Catyellen (2) e Júlia Bianchi (2).

Na segunda etapa, o Vitória, já visivelmente fragilizado, viu o Avaí diminuir o ritmo, mas ainda com tempo de marcar mais três vezes: um dos destaques da partida, a zagueira Bruna Calderan, fez dois no segundo tempo e Soraya finalizou o placar, marcando o sétimo.

Santos 4 x 0 Flamengo/Marinha

Sem poder contar com Thaisinha, lesionada durante a pré-temporada, o Santos entrou em campo com um time renovado: a recém contratada Cristiane jogou mais centralizada, além de Laryh e Rita Bove, que criou as melhores chances do jogo.

O Flamengo/Marinha teve algumas chances, mas poucas finalizações. Os gols do Santos foram marcados por Laryh (2), Ketlen e Cris.

Ketlen chegou na marca de sexta maior artilheira do Brasileiro Feminino, ao marcar seu gol de número 38 no campeonato.

Ferroviária 4 x 0 Audax

A atual campeã brasileira não tomou conhecimento do Audax, aplicando um 4 a 0. Chú, de volta ao time de Araraquara depois de 10 anos, abriu o placar; Sâmia ampliou com um belo chute e a dupla Rafa Andrade e Luana finalizou o placar para a Ferroviária. Pelo time do Audax, a melhor em campo foi Michele, goleira, que fez boas defesas e evitou que o placar fosse ainda maior.

Grêmio 2 x 1 Minas Icesp

Em jogo marcado pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul, o Grêmio venceu por 2 a 1 o Minas Icesp, com dois gols marcados por Jú Oliveira ainda na primeira etapa. Após abrir vantagem no jogo, a equipe relaxou e o Minas criou boas chances, mas só marcou o gol de honra apenas no final do segundo tempo. Este foi um dos jogos mais iguais entre as duas equipes, mesmo com as Gurias Tricolores vencendo.

JOGOS DE DOMINGO

Palmeiras 1 x 3 Corinthians

No jogo mais esperado da rodada, Palmeiras e Corinthians entraram em campo para disputar o Derby da Capital pela primeira vez.  De um lado, uma equipe que havia conseguido o acesso na quarta colocação do Brasileiro Feminino A2 e, do outro, a equipe que ganhou 45 jogos seguidos e dois títulos na temporada de 2019.

O placar não refletiu o que foi o jogo. O Palmeiras dominou em alguns momentos, mas quem abriu o placar foi Giovanna Crivelari, de cabeça, logo aos 8 minutos de partida. Carla Nunes empatou quatro minutos depois, e as duas equipes fizeram um jogo pegado até o segundo tempo.

A segunda etapa começou bem semelhante ao que tinha sido a primeira etapa, contudo, o Corinthians virou com Grazi e ampliou com Erika mais perto do final do segundo tempo. Desse modo o Corinthians chegou a sua 46ª vitória consecutiva e ganhou os primeiros três pontos na competição.

Internacional 2 x 0 São José

Com gols de duas estreantes das Gurias Coloradas, ainda na primeira etapa, o Internacional ganhou por 2 a 0. Djeni Becker e Byanca Brasil entraram muito bem no time colorado e fizeram a diferença na partida, principalmente na criação de jogadas e finalização.

Ponte Preta 0 x 5 Iranduba

Não tomando conhecimento da Ponte Preta, a equipe do Amazonas fez 5 a 0 e dominou o jogo. Os gols das Guerreiras foram marcados por Erica (2x), Karol, Fabíola e Jaque, autora de um dos gols mais bonitos da partida e, assim, o Iranduba assumiu a vice-liderança, apenas atrás do Avaí/Kindermann.

JOGO DE SEGUNDA-FEIRA

Cruzeiro 1 x 0 São Paulo

Em suas estreias na primeira divisão, as duas equipes se enfrentam com alguns desfalques por conta da seleção brasileira de futebol feminino sub-20. Pelo lado do Cruzeiro, Duda e Micaelly não jogaram e, pelo lado do tricolor paulista, as ausências foram de Lauren, Ana Cris, Yaya e Jaqueline.

Após belo passe de Mayara, Vanessa abriu o placar aos 34 minutos do primeiro tempo. O Cruzeiro já jogava melhor que o São Paulo desde os 10 minutos da primeira etapa, enquanto o São Paulo tentava algumas chances, principalmente com Gláucia, que fazia a função de meia e atacante. O Cruzeiro aproveitava os erros do adversário e criava jogadas pelas laterais, onde o São Paulo tinha muitas dificuldades ou parava na goleira Mary Camilo, a melhor do jogo. Além de fazer boas defesas, conseguiu pegar um pênalti no final da primeira etapa.

Na segunda etapa, o ritmo começou diferente, mas o São Paulo se cansou e não consegui criar boas jogadas. O Cruzeiro, percebendo as dificuldades do time, teve algumas boas chances, mas o placar não alterou: a Raposa conquistou seus primeiros três pontos da competição.

LEIA MAIS

Estética? Jornal revela motivo que fez Neymar raspar a cabeça

Neymar e Thiago Silva devem voltar ao PSG no duelo contra o Dijon