Torcedores – Notícias Esportivas

Goleiro reserva do Vasco se revolta com gritos racistas e leva amarelo

Cruz-maltino segurou o empate sem gols no Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra, e avançou no torneio copeiro

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Reprodução

O duelo entre Oriente Petrolero e Vasco nesta quarta-feira (19), pela Copa Sul-Americana foi mais um embate de futebol que protagonizou cenas de racismo. A partida que terminou com a classificação do time brasileiro já se encaminhava para seus últimos minutos, quando o goleiro reserva do Gigante da Colina, Alexander, reclamou com o quarto árbitro que estava sendo vítima de racismo.

O árbitro do duelo foi acionado, e aplicou cartão ao arqueiro cruz-maltino, que por sua vez, seguiu se queixando. Na imagem sequente da transmissão é possível ver alguns torcedores fazendo gesto de macaco.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

Logo após o ocorrido, o Vasco utilizou as suas redes sociais para repudiar o ato dos bolivianos para com Alexander

LEIA MAIS: