Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jogador pede retratação de Rodrigo Bocardi após polêmica sobre rascimo: “Eu achei um pouco mal-intencionado”

Jogador de polo aquático do Pinheiros quer que o apresentador Rodrigo Bocardi peça desculpas ao vivo

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Reprodução / Instragram Leonel Diaz

O apresentador da TV Globo, Rodrigo Bocardi, protagonizou um episódio controverso na última semana, ao perguntar se o jovem Leonel Diaz estava “pegando bolinhas” no Esporte Clube Pinheiros. Na sequência, o rapaz respondeu que estava indo ao clube para treinar polo aquático. A fala foi entendida como racista por muitos telespectadores e o jornalista até tentou se explicar posteriormente.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Mas agora quem solicita um pedido de desculpas ao apresentador Rodrigo Bocardi é o próprio atleta, que confessou não ter se ofendido no momento da entrevista, mas que mesmo assim gostaria de uma retratação ao vivo do jornalista. O jovem manifestou o desejo em entrevista ao portal IG.

“Então, no primeiro momento eu não tinha entendido a pergunta, mas dei a resposta certa, acredito. Parando para pensar e refletir, eu achei o comentário um pouco mal-intencionado, já que as cores do clube são azul e preto, e a blusa dos garotos que repõem as bolas de tênis não era parecida com a minha, o único detalhe que tinha de igual era o símbolo da entidade”, explicou Leonel.

“Também gostaria de falar que não fiquei ofendido, porque se eu fosse pegador de bolinha, seria com muito orgulho, já que grandes atletas fizeram o mesmo. Enfim, para finalizar eu quero que o âncora se retrate ao vivo, já que o comentário que ele fez foi ao vivo”, complementou o atleta de polo aquático.

Aos 18 anos de idade, Leonel é cubano e chegou ao país em 2013, integrando a equipe de polo aquático do Pinheiros. Nesse período, ele conquistou o Campeonato Brasileiro em quatro oportunidades e um Campeonato Paulista. Atualmente está estudando Educação Física em uma faculdade da capital paulista. O jovem finalizou a entrevista falando do acolhimento que recebeu no Brasil na última semana após a polêmica.

“Me sinto abraçado pelos brasileiros e agradeço pelas mensagens de carinho recebidas. Em relação ao esporte, é um esporte muito forte, e acredito que se tivesse mais visibilidade o povo brasileiro iria gostar, já que tem uma bola e o objetivo é fazer o gol”, disse.

LEIA MAIS: