Mauro Cezar critica Flamengo por nota oficial sobre homofobia da FlaTV: “não basta!”

Jornalista cobrou mais rigidez, por parte do clube carioca

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 26 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução/Youtube

O jornalista Mauro Cezar Pereira utilizou as redes sociais para criticar a postura do Flamengo em relação ao ato homofóbico cometido por integrantes da FlaTV (canal oficial de TV do clube carioca) durante a transmissão da vitória do time rubro-negro por 3 a 2 sobre o Fluminense.

No decorrer do clássico, o time Tricolor reclamou com a arbitragem. Foi quando o narrador da transmissão, Emerson Santos, disparou: “O time do Fluminense está tendo um ataque show das poderosas. Que loucura, todo mundo em cima do árbitro”.

O comentarista Alexandre Tavares endossou a análise. “Arrasou, querida”, disse. Nesta quinta-feira (13), o Flamengo emitiu nota oficial reprovando a atitude dos comunicadores e se autodefiniu como um “clube plural”. Entretanto, não confirmou se demitiu os profissionais.

Mauro Cezar, por sua vez, criticou a postura do clube carioca e cobrou mais rigidez. “Flamengo emitiu uma nota. Não basta! Mais uma na conta da comunicação com seus colaboradores”, twittou.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“É no que dá, “transmissões” metidas a engraçadas e alguns chegam a distorcer o que se passa em campo de tanto “torcer”. E não é só no Flamengo, tampouco exclusividade de canais de clubes”, concluiu Mauro Cezar.

Veja os tweets de Flamengo e Mauro Cezar a seguir:

Leia também:

Mauro Cezar elogia Vinicius Jr e alfineta “clubistas e elitistas”: “invejosos sempre torcendo contra”

Benjamin Back defende Jorge Jesus por opinião polêmica após Fla-Flu: “mimimi!”

Torcedor do Flamengo é agredido dentro do estádio, em jogo do Vasco; veja