Netflix lança série Barra Bravas nesta sexta-feira (21), com participação de Maradona

Série da Netflix faz uma imersão no mundo dos fanáticos torcedores argentinos

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Reprodução / Netflix

O serviço de streaming da Netflix lança nesta sexta-feira (21) a série “Barra Bravas”, originalmente chamada de “Puerta 7”, que faz alusão ao mundo dos torcedores fanáticos da América Latina, mais especificamente na Argentina. A obra tem a participação especial do ídolo hermano e atual técnico do Gimnasia y Esgrima La Plata, Diego Armando Maradona.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

A série é uma criação de Martin Zimerman, com oito capítulos, estrelada por Dolores Fonzi, Esteban Lamothe e Carlos Belloso. O diretor responsável é o argentino Israel Adrián Caetano. O breve resumo disponibilizado pela Netflix afirma que o enredo será sobre “uma mulher determinada a tentar livrar um time de futebol argentino dos crimes violentos e da corrupção que cercam sua torcida fanática”.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Em uma das passagens demonstradas no teaser, a protagonista enfatiza a briga contra os torcedores envolvidos em casos de corrupção e violência. “Os barra bravas não apenas danificam o clube, infectam o bairro, envenenam nossos meninos. Eles não torcedores, são criminosos”, fala Diana, personagem da intepretada pela atriz Dolorez Fonzi.

Diego Maradona fez uma participação na série Puerta 7, em uma cena que traz a frase do ídolo argentino em sua despedida do Boca Juniors em 2001. “Eu estava errado e pago, mas agora vários estavam errados, professor, e eles estavam errados feios. E o futebol está pagando por isso. Pensei que não, mas sim, a bola fica manchada”, diz o ex-jogador.

 

LEIA MAIS: