Rizek denuncia ameaças nas redes sociais e diz: “Espero que o Instagram tome prOvidência”

Depois de ser alvo do empresário do Pedrinho, do Corinthians, André Rizek compartilhou algumas das mensagens que recebeu de torcedores nos últimos dias

Danielle Barbosa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/SporTV

O apresentador André Rizek, do Seleção SporTV, usou suas redes sociais para expor algumas mensagens ofensivas e ameaças que recebeu de torcedores por causa da polêmica envolvendo suas declarações sobre o meia Pedrinho, do Corinthians, no início da semana, e a opinião de que a arbitragem do argentino Néstor Pitana foi boa e não influenciou na eliminação corintiana para o Guaraní-PAR na pré-Libertadores.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Recomendo a quem não tiver estômago para NÃO ler esses discursos de ódio. Exponho essas pessoas/ameaças para mostrar como é tóxica a vida na rede depois de opinar, apenas, que o juiz não roubou o time deles. Espero que o Instagram acate as denúncias e tome alguma providência”, disse o apresentador.

Na quinta-feira (13), durante o Seleção SporTV, Rizek avaliou a arbitragem de Néstor Pitana. “ Achei a arbitragem correta. Uma decepção que eu tenho na entrevista do Tiago Nunes depois do jogo é que, em vez de reconhecer os méritos do rival e as limitações do Corinthians, ele colocou a culpa na arbitragem. Eu acho que é feio isso, colocar a culpa em um terceiro em vez de analisar onde você não conseguiu chegar”.

“Concordo com o Tiago sobre ter criado chances nos dois jogos, acho que ele melhorou o time. Em pouco tempo, ele mudou a maneira de jogar. Só não tem um grande ele. Joga de forma diferente e melhor do que ano passado. Mas não teve nada de anormal na arbitragem. Arbitragem normalíssima, não dá para colocar na conta da arbitragem”, acrescentou.

LEIA MAIS:
Marcos volta a provocar o Corinthians por eliminação: “O Guaraní não tem Copinha e nem Mundial”