Técnico da Bélgica exalta Hazard e diz que meia-atacante sabe que terá sucesso no Real Madrid

Roberto Martínez rasgou elogios ao belga, e ainda falou que o Real Madrid está adaptado ao que o jogador pode oferecer, e vice-versa

Manoel Rodrigues
Meu nome é Manoel Rodrigues. Gosto muito de falar e escrever sobre futebol nacional e internacional, esportes americanos, vôlei, MMA e outros. Mas acima de tudo, sou alguém que é guiado por Deus e deseja levar o reino de Deus a todas as áreas da sociedade. Esse pode ser um canal para isso.

Crédito: Twitter/Reprodução

O técnico da seleção belga, Roberto Martínez, participou de uma vídeoconferência, na Cidade de Bilbao, na Espanha. Ele foi convidado da Bilbao Football Summit (BIFS’20).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ele falou principalmente sobre Eden Hazard, e ele acredita que o jogador já está adaptado ao que é o Real Madrid, assim como o clube espanhol também sabe o que o atacante pode oferecer.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Houve uma evolução. No começo, os jogadores se adaptaram ao que Eden poderia enfrentar. A partida contra o PSG foi fundamental. Houve uma mudança de estilo e Hazard teve um papel muito importante”, afirmou Martínez.

O treinador catalão ainda frisou que a ida do belga para o Real Madrid, era o seu sonho de infância. Da mesma forma, ele planejou muito bem passo a passo esse sonho.

“Ele saiu pela porta da frente do Chelsea, conquistando um título, e quando chega em Madri, quer ter sucesso e sabe que terá sucesso. As lesões são sempre um revés, mas Madri já está adaptado ao que Eden pode dar e Eden ao que é Madrid”, disse Martínez.

Por outro lado, ele declarou que o objetivo da Bélgica na próxima Eurocopa é “tentar ser melhor” do que na última Copa do Mundo. Afinal, eles terminaram na terceira colocação, com a que é chamada a “geração de ouro” da seleção belga.

“Você precisa aprender com a experiência da Copa do Mundo. Níveis e formas de trabalho foram impostos e a equipe reagiu muito bem à pressão externa. A Euro está indo para o desconhecido. Nunca houve um torneio em tantos países e temos que nos preparar para o desconhecido”, disse ele.

“Em uma Euro tão diferente da Bélgica para chegar à final, devemos jogar contra quatro equipes em casa. Mas esse formato vale a pena. Jogar em doze países será fantástico”, afirmou Martinezque vê igualmente em condições, seleções como França, Croácia, Inglaterra, Portugal, Itália, Holanda, Espanha e a própria Bélgica.

LEIA MAIS

Goleiro Donnarumma, do Milan, é pretendido pelo Real Madrid, diz jornal

Chapéu? Real Madrid se interessa e pode pagar 120 milhões de euros por Lautaro Martínez, alvo do Barcelona