Hélio dos Anjos sobre campeonatos estaduais: “não se ganha somente dentro do campo”

Técnico do Paysandu utilizou as redes sociais para se manifestar

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Jorge Luiz/ascom Paysandu

O técnico do Paysandu, Hélio dos Anjos, utilizou as redes sociais para publicar uma opinião fora do politicamente correto. Na sexta-feira (14), o profissional do time alviceleste avaliou que um clube, para ser campeão no futebol brasileiro, deve ter força nos bastidores.

“Sigo dizendo, campeonato regional não se ganha somente dentro do campo de jogo”, twittou Hélio dos Anjos. “Comigo, campeonato regional é guerra, com inteligência com coragem”, completou o técnico do Paysandu.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Entenda a polêmica

Paradoxalmente, a opinião proferida por Hélio dos Anjos nada tem a ver com um jogo oficial do Paysandu, mas com o confronto entre Águia de Marabá e Clube do Remo deste sábado (15), às 16h, no estádio Mangueirão.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Na véspera da partida, o time do interior paraense emitiu uma nota oficial na qual acusa o presidente azulino, Fábio Bentes, de boicotar a organização do jogo “contrariando todo o combinado, comprometendo a venda de ingressos”

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em seguida, o mandatário do Leão gravou um vídeo rebatendo as acusações. “Não fiz nenhum acordo de venda de ingressos”, iniciou.

“A proposta que eles (Águia de Marabá) fizeram pro clube é que a gente fizesse essa venda sem ganhar nada, sem o clube ter nenhum tipo de vantagem”, acrescentou Bentes.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“É óbvio que eu tinha o interesse que esse jogo viesse pra Belém, mas também interessava também ao Águia, que trouxe o jogo pra Belém porque queria lucrar em cima da torcida do Remo”, finalizou.

Veja a seguir o tweet de Hélio dos Anjos, técnico do Paysandu:

Veja a nota oficial do Águia de Marabá:

Lamentamos muito o boicote por parte do Presidente Remista, que não representa a grandiosidade dessa instituição.

Havíamos escolhido levar o jogo para PARAUAPEBAS, que apresenta as condições necessárias segundo o que rege o regulamento. Desesperado por conta da semana corrida com clássico e jogo pela Copa do Brasil, ofereceu todo o suporte necessário e apoio para realização do jogo em Belém.

Lamentavelmente, demonstrando postura não condizente com a de um PRESIDENTE, de uma instituição do tamanho do Clube do Remo, simplesmente não atendeu mais nossos chamados, e BOICOTOU a organização do jogo, contrariando todo o combinado, comprometendo a venda de ingressos.

Lamentamos que isso ainda exista no futebol do nosso estado, demonstrando o abismo que nos encontramos em relação a regiões tão próximas, com potencial similar.

Por mais dirigentes que assumam seus compromissos.

Assista à resposta de Fábio Bentes, presidente do Remo:

Leia também:

Após vitória em clássico, técnico do Paysandu rebate comentarista da TV Liberal

Mercado da bola: Paysandu oficializa empréstimo de meio-campista e saída de auxiliar-técnico

Copa do Brasil: CBF oficializa calendário do Paysandu na segunda fase; confira