Home Futebol Atacante do Santo André se diz “orgulhoso” por liderança geral do Paulistão e ressalta necessidade de paralisação

Atacante do Santo André se diz “orgulhoso” por liderança geral do Paulistão e ressalta necessidade de paralisação

“É algo que foge totalmente daquilo que os jogadores estão acostumados”, destaca Branquinho sobre pausa devido à pandemia do coronavírus

Adriano Oliveira
Sou colaborador do Torcedores.com desde 2018, com mais de 3.600 textos publicados, porém escrevo sobre futebol há mais de 15 anos. Mas é claro que a paixão por este esporte começou bem antes disso. Hoje, aos 51 anos de idade, o futebol ainda me faz sentir a mesma coisa que eu sentia aos 10.

Pela última rodada do Campeonato Paulista, o Santo André foi a Mirassol e acabou sendo derrotado pelos donos da casa pelo placar de 1 x 0. Mesmo com o revés no interior do estado, o Ramalhão somou 19 pontos em dez rodadas, com três derrotas, um empate, seis vitórias e 63% de aproveitamento, ocupando a liderança da classificação geral da competição.

PUBLICIDADE

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Restando apenas duas rodadas para o fim da primeira fase, o time do ABC paulista divide com o Palmeiras o primeiro lugar do Grupo B e fica na frente do Verdão pelo maior número de vitórias. Com 19 pontos cada, as duas equipes têm três a mais que o Novorizontino, o terceiro colocado. Na lanterna da chave está o Botafogo de Ribeirão Preto com oito pontos, sem chances de avançar às quartas de final e que luta contra o rebaixamento.

Para o atacante Branquinho, um dos destaques do time e autor de quatro gols em 11 partidas na temporada, é preciso valorizar a campanha feita pelo Santo André no Paulistão.

PUBLICIDADE

“Isso mostra a qualidade da nossa equipe e a liderança nesse grupo só vem valorizar aquilo que conquistamos até aqui na competição. Ficamos muito felizes e orgulhosos por termos alcançado isso tudo. Foi passado para os atletas um cronograma de treinos, feito pelo nosso preparador físico, para manter a parte física e estar preparado assim que normalizarem as coisas”, declarou o atacante ao site “Lance!”.

O jogador de 30 anos também faz questão de ressaltar a importância e a necessidade de todos seguirem as recomendações dos profissionais de saúde em relação aos cuidados e prevenção do contágio por coronavírus, cuja pandemia paralisou por tempo indeterminado todas as competições do calendário do futebol brasileiro.

“É algo que foge totalmente daquilo que os jogadores estão acostumados. Acabou paralisando tudo porque coloca a vida de todos que estão em volta em risco. A gente fica triste por isso e espera que tudo volte ao normal o quanto antes. Infelizmente estamos vendo mundo afora pessoas morrendo e só torcemos para que tudo se resolva”, disse Branquinho.

PUBLICIDADE

LEIA MAIS

Ponte Preta oferece mais espaços de sua estrutura para a luta contra o coronavírus

Lateral brasileiro da Fiorentina faz apelo sobre coronavírus: “Tem muitas pessoas no Brasil que não estão levando a sério”

Copa do Brasil 2010, Paulistão 2009 e mais: saiba quais os jogos históricos reprisados nesta terça (24)

Coronavírus no esporte: siga AO VIVO as últimas atualizações