Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Curry se solidariza em meio ao coronavírus e paga refeição para 18 mil crianças

Crianças que dependiam de refeições em escolas que foram fechadas por conta do coronavírus recebem ajuda do armador do Golden State Warriors

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação/Golden State Warriors

A pandemia do coronavírus parou a NBA e criou consequências em diversas áreas da sociedade. Stephen Curry, armador do Golden State Warriors, se juntou à causa solidaria e comprou refeição para 18 mil crianças nos Estados Unidos. Trata-se de pessoas carentes, que dependiam de refeitórios em escolas para se alimentar, mas foram prejudicadas pelo motivo do fechamento desses locais por conta do surto do COVID-19.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Oakland está fechando escolas por conta do COVID-19. Apoiamos essa decisão, mas preocupamos com as mais de 18 mil crianças que dependem da escola para duas ou mais refeições diárias. @eatlearnplay está doando para @ACCFB para garantir que todas as crianças tenham acesso aos alimentos de que precisam. Junte-se a nós e doe”, diz a publicação no Twitter de Curry.

Três vezes campeão da NBA e duas vezes MVP de temporada regular, Curry recebe cerca de 40 milhões de dólares por ano. Ele ficou meses fora das quadras por conta de uma lesão, e retornou apenas em março, com as chances dos Warriors em relação aos playoffs estando praticamente nulas; são 15 vitórias e 50 derrotas na temporada, estando em último na Conferência Oeste.

A franquia Golden State Warriors também se moveu com solidariedade: contribuiu com 1 milhão de dólar para um fundo solidário que ajuda pessoas infectadas com o coronavírus.

LEIA MAIS:

Número 30 e família no basquete; saiba curiosidades de Stephen Curry, aniversariante do dia
NBA: Conversa entre Curry e Antetokounmpo alimenta boatos de que o grego possa reforçar o Golden State Warriors em 2021