Joe Cole cita “altruísmo” no futebol para definir solução para a Premier League: “Reiniciar do zero”

Ex-meia do Liverpool opinou sobre como a Premier League deve ser encerrada

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Premier League

Com o futebol paralisado por conta do coronavírus, as situações das competições na Europa seguem indefinidas. Como a maior parte dos campeonatos nacionais estavam se encaminhando para a reta final, não se tem ideia de como o calendário será readequado. Diante disso, em entrevista ao jornal “Daily Star”, Joe Cole pontuou sobre uma solução, mesmo que seja bastante polêmica.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Apesar do Liverpool estar realizando uma temporada inquestionável, ele defende que a Premier League seja reiniciada do zero. A medida faria com que o time de Jurgen Klopp tivesse que assumir a liderança mais uma vez, provando que merece ficar com o título.

“Obviamente, precisamos terminar a temporada o mais rápido possível, se pudermos. Isso seria o ideal. Se não podemos terminar a temporada, e ela está se aproximando da temporada seguinte, a única situação que eu acho justa é apenas reiniciá-la. Todo mundo quer o melhor para seus clubes. Mas, a menos que você faça uma coisa geral para todos, isso terá efeitos indiretos. Na minha opinião, essa é a única solução. Reiniciar do zero se não pudermos terminar a Liga”, declarou.

Além disso, Joe Cole citou que é preciso haver altruísmo e que as partes tem que ceder nesse momento tão complicada para o esporte.

“Tenho certeza de que existem pessoas mais inteligentes do que eu que apresentamos soluções, mas estamos em uma situação como um país em que precisamos nos unir. Todos no mundo do futebol precisam entender isso também. Terminar uma corrida de 100m a 70m deixa muitos argumentos”, completou.

LEIA MAIS