Luis Henrique fala sobre responsabilidade no Botafogo e ressalta: “Um momento muito importante na minha carreira”

Com status de intocável no time de Autuori, jogador deu duas assistências na vitória contra o Boavista no domingo

Ítalo Bruno
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Vitor Silva / Botafogo

Ainda em 2019, sob o comando de Alberto Valentim, Luis Henrique já era titular do Botafogo. Porém, as atuações em 2020 reforçam cada vez mais a importância do jogador de 18 anos para a equipe de Paulo Autuori. Além de ter sido um dos melhores jogadores da vitória sobre o Boavista no último domingo, Luis Henrique deu as assistências para os dois gols do alvinegro, o jogador ainda se mostra surpreso com a rapidez que as coisas estão acontecendo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“Foi muito rápido. Ninguém esperava, nem eu. Mas me mantenho focado, ligado sempre. Não tô dirigindo ainda, não tive tempo para tirar carteira, mas estou aprendendo… Fiz 18, a responsabilidade aumenta até dentro de casa. Já sei mais o que fazer. Cuido do meu irmão, que está no sub-17, já sou procurador dele. Já sou maior, mas sou novo. Ainda me divirto, mas com mais responsabilidade”, disse Luis Henrique.

No próximo sábado o Botafogo enfrenta o Flamengo, pela segunda rodada da Taça Rio, às 18h00, no Maracanã. Para Luis Henrique a boa fase é importante não só para ele, mas também para toda a equipe. O atacante também projetou o clássico e afirmou que o Botafogo vai para cima.

“Dá confiança, não só para mim, mas também para o time. Vamos mais entrosados e com a máxima confiança possível para esse jogo. Está todo mundo muito focado. Será um grande jogo, é um clássico. Vamos treinar da melhor maneira possível, escutar a comissão e ir para cima no jogo.”

Autuori

“Ele tem me ajudado muito, dá muito conselho. Consigo melhorar a cada dia. Ele conversa muito e orienta nos treinos. Passa sempre muita confiança. Diz para fazer o meu jogo, não ter medo e ir para cima.”

Honda

“É maravilhoso para mim. Cheguei a ver no Milan. Poder desfrutar com ele dentro de campo é algo maravilhoso.”

Momento da carreira

“Um momento muito importante na minha carreira. Momento de aprendizado e poder ajudar uma equipe tão grande quanto o Botafogo nas vitórias e em todos os jogos é muito bom. Fico muito feliz. O importante é sempre ajudar a equipe, com gols ou assistências.”

Leia mais

 

Gol de falta de Nenê quebrou marca negativa do Fluminense: Tricolor não marcava um gol de falta há quase dois anos