Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Manchester United prepara oferta para tirar Aubameyang do Arsenal, diz jornal

Jogador ainda não renovou contrato com Arsenal e atrai interesse também de Barcelona e Paris Saint-Germain

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação/Arsenal

O Manchester United manifestou interesse em contratar Pierre-Emerick Aubameyang, do Arsenal, segundo informou o jornal The Sun, da Inglaterra. A proposta seria de 35 milhões de libras. Ele ainda atrai desejo do Barcelona e Paris Saint-Germain, de acordo com a mesma fonte.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O atacante ainda tem um ano de contrato com o Arsenal e o jornal pontua como fato determinante de uma possível saída o fato de ele não querer renovar o vínculo com o Arsenal. De acordo com o diário, o diretor de futebol, Raul Sanllehi, e o diretor técnico, o brasileiro Edu, estão desesperados por Aubemeyang assinar um novo acordo contratual, mas o jogador de 30 anos deseja jogar a Champions League na próxima temporada.

Por esses motivos, é bem provável que ele saia do Arsenal, que atualmente ocupa apenas a nona colocação da Premier League, com 40 pontos, e dificilmente conseguirá uma vaga na próxima Champions League via Campeonato Inglês (Liga Europa é uma possibilidade).

Aubameyang marcou 141 gols em 213 jogos pelo Borussia Dortmund. Após isso, se transferiu ao Arsenal em 2017 e já soma 61 gols no clube de Londres. O atacante do Gabão deve quebrar o recorde do Arsenal e se tornar o jogador mais rápido a atingir 50 gols na Premier League, ultrapssando a lenda Thierry Henry.

LEIA MAIS:

Barcelona se interessa e Arsenal já admite perder Aubameyang, diz jornal
Arteta avisa que Aubameyang pode ir embora se o Arsenal não se classificar para a Champions League
Mikel Arteta quer manter Aubameyang no Arsenal: “ele está feliz aqui”