Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vasco paga 13º, põe São Januário à disposição e a recomenda treinos em casa: o Vasco nesta segunda (23)

O Colégio do Vasco funcionará mesmo à distância, Breno está perto de voltar e Campello aceita ser voluntário, se necessário

Thiago Peruch
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução/ Facebook Oficial Vasco

Semana começou agitada. 13º pago para funcionários e jogadores e São Januário à disposição das autoridades do Rio de Janeiro. Além disso, diretor médico explica recomendações durante parada do futebol e a volta de Breno.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Veja as notícias desta segunda (23):

Vasco coloca São Januário à disposição de autoridades; médico, Campello se oferece como voluntário

Diante do surto de coronavírus, o cruzmaltino colocou o complexo à disposição para o combate ao vírus. A diretoria já comunicou a prefeitura e o Estado, com a ideia é utilizar o ginásio principal. Além disso, o presidente do clube se colocou como voluntário, caso necessário.

Vasco: Médico explica cartilha sobre procedimentos durante pausa dos treinos

Diretor médico do clube carioca explica as recomendações a serem adotados pelos jogadores. “Montamos isso para que os atletas continuassem ativos”.

Coronavírus: à distância, Colégio Vasco da Gama mantém atividades dos alunos

Clube informa que conteúdos e tarefas serão repassados via WhatsApp, a partir desta segunda (23). Os professores estarão à disposição para tirar dúvidas.

Breno perde peso e está perto de voltar aos gramados; diretor médico do Vasco detalha recuperação do zagueiro

Desde 2018 sem atuar, jogador está passando para o último estágio do treinamento. “Toda sequência e fases que foram traçadas, ele tem conseguido atingir. Por isso tem tido êxito. É um retorno lento, mas progressivo”, disse Marcos Teixeira.

Vasco paga segunda parcela e quita integralmente 13º salário de jogadores e funcionários

Clube ainda deve férias e janeiro e fevereiro. Dessa forma, o cruzmaltino quitou quase toda a dívida do último ano, restando o direito de imagem.