Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Rooney revela avaliação equivocada sobre David de Gea: “Eu me enganei por completo”

Ídolo do Manchester United, atual atacante do Derby County não confiava na capacidade do goleiro quando espanhol se transferiu para o clube inglês

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/Manchester United

Com apenas 20 anos de idade, ele foi contratado para substituir Van der Sar, que tinha 40. Nove temporadas depois, David de Gea segue como titular absoluto no Manchester United, apesar de alguns momentos de insegurança durante a trajetória repleta de grandes defesas. Em entrevista ao site inglês “TeamTalk“, Wayne Rooney admitiu ter se enganado com o goleiro espanhol que havia obtido destaque atuando pelo Atlético de Madrid.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Lembro-me de pensar que ele não era suficientemente bom para o Manchester United. Enganei-me por completo e ainda bem”, afirmou o atacante do Derby County, que marcou época em 14 temporadas pelos “diabos vermelhos”.

“Ele teve imensas dificuldades, debateu-se muito para afirmar o seu valor ali. Cheguei a pensar que ele não pertencia ali. Quando pensava no Van der Sar e olhava (David) de Gea, só pensava: ‘não pode ser, ele não pode ser goleiro, é tão magro e pequeno’. O ponto da virada do David foi defender um pênalti do Robin van Persie, numa vitória por 8 a 2 sobre o Arsenal, na temporada 2011/2012. Foi um momento brutal para ele, e de virada para si no Manchester United”, avaliou o jogador de 34 anos.

Ronney recordou ainda que o então técnico do clube, Alex Ferguson, “manteve sempre a confiança” no arqueiro. Para o ex-artilheiro do Manchester, de Gea é “provavelmente o melhor do mundo” na posição.

Leia também: