Santos versão 2020 é econômico em gols marcados, mas fica 50% dos jogos sem ter a defesa vazada

Santos mudou de perfil com o treinador Jesualdo Ferreira, que prioriza o sistema defensivo

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jesualdo Ferreira quando foi apresentado no Santos afirmou que queria um time mais equilibrado em comparação ao ano passado, quando o Peixe sofreu algumas goleadas durante a temporada. E o treinador português colocou essa sua filosofia em prática nos primeiros meses pelo clube paulista.
Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Líder do Grupo A do Paulistão e com 100% de aproveitamento na Copa Libertadores, o Alvinegro Praiano marcou 12 gols em 12 partidas em 2020, com uma média de um gol marcado por jogo.

Uma mudança visível em relação ao time do Santos versão 2019, que nas primeiras 12 partidas no ano havia marcado 27 gols, com vitórias por goleada, como o 7 x 1 aplicado sobre o Altos-PI, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Em compensação, o time de Jesualdo Ferreira ficou 50% dos jogos em 2020 sem levar gol. O Peixe não teve sua defesa vazada contra Red Bull Bragantino, Inter de Limeira, Botafogo-SP, Ferroviária, Palmeiras e Delfín, do Equador.

Entre clubes da Série A, apenas Atlético-GO, Palmeiras, Internacional e Red Bull Bragantino levaram menos gols que o Santos neste começo de ano, como informou o Footstats.

LEIA MAIS:

Empresário confirma negociações avançadas por renovação de contrato de jovem atacante com o Santos

Jovem da base se vê perto de realizar sonho de estrear no profissional do Santos: “Minha oportunidade vai aparecer”

Desconfiança, retorno de titular e mais: saiba aproveitamento, time-base e desafios que o Santos terá na pausa por coronavírus