Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Técnico do Santos brinca sobre discussão entre Pituca e Soteldo: “Depois deram beijinhos e está tudo bem”

Treinador português minimiza desentendimento entre os dois jogadores na vitória sobre o Mirassol e exalta segunda vitória seguida do Santos

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/ Facebook Santos FC

O Santos recebeu o Mirassol na noite de sábado (7) no estádio da Vila Belmiro, em partida válida pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, e venceu pelo placar de 3 x 1, com gols marcados por Diego Pituca, Yuri Alberto e Eduardo Sasha, enquanto Rafael Silva descontou para a equipe do interior.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

O confronto também foi marcado por um desentendimento entre o volante Diego Pituca e o atacante venezuelano Yeferson Soteldo após o fim do primeiro tempo, na saída de campo para o vestiário. Em entrevista coletiva, o técnico Jesualdo Ferreira enalteceu a segunda vitória seguida de seu time e comentou sobre o ocorrido afirmando que considera algo normal, além de brincar comparando a situação a um “casamento”.

“Criamos inúmeras ocasiões de gol e foi um bom jogo, ganhamos com todo mérito, um resultado merecido (…) Um é brasileiro, o outro é hispânico (sobre Pituca e Soteldo). Podem não se entender, jogam de lados diferentes, cansados do mesmo lado (…) É como um casamento, pode estar um bocado farto. É Dia da Mulher e não posso falar nada mal. Depois deram beijinhos e está tudo bem. Isso é normal”, brincou o treinador português.

Jesualdo fez questão de elogiar Diego Pituca, dizendo que o jogador tem “qualidade física e força mental”, com a vantagem de também poder atuar como lateral-esquerdo no esquema tático 4-4-2.

“Pituca é curioso. Sempre pensei no Pituca como meia de características ofensivas. O ‘Box to box’ em 90 minutos, com qualidade física e força mental (…) Por que volante? Tinha que estar mais posicional. Mas gosto dele assim, até na direita como na parte final do jogo. É um jogador que gosto muito e tem a vantagem de fazer ala esquerda no 4-4-2”, analisou o comandante, utilizando a expressão “box to box” em alusão ao atleta que percorre o campo de forma constante de uma área à outra.

Com o resultado, o Santos segue na liderança do Grupo A do Paulistão com 15 pontos, cinco a mais que o Água Santa, o segundo colocado. O Peixe volta a campo na próxima terça (10), às 19h15, diante do Delfín, do Equador, também na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Grupo G da Copa Libertadores da América. Devido à punição imposta pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), o duelo acontecerá com portões fechados no estádio santista.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS

Santos tem início avassalador, vence Mirassol e se aproxima de avanço no Paulistão

Invicto há dez jogos, XV de Piracicaba vence com gol nos acréscimos e divide a liderança da Série A2 do Paulistão

Clubes parabenizam torcedoras pelo Dia Internacional da Mulher