5 jovens promessas que surgiram bem no Santos, mas não decolaram na carreira

Tiago Luis, hoje no Rayong F.C., da Tailândia, foi comparado ao argentino Messi, mas não conseguiu corresponder dentro de campo

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Inegavelmente, o Santos é um celeiro de craques e revelou grandes nomes para o futebol brasileiro, como Robinho, Diego, Neymar, Ganso, Gabigol e cia. Porém, alguns jogadores que surgiram no Peixe não conseguiram decolar na carreira como todos imaginavam.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O primeiro nome da lista é o atacante Tiago Luis, de 31 anos, que foi o artilheiro da Copa São Paulo de 2008 pelo Santos, com oito gols marcados. Em sua estreia no time profissional, ele marcou um dos gols da vitória do Peixe sobre o Bragantino.

Além disso, o Menino da Vila foi capa do jornal “Marca”, da Espanha, que o apontava como possível reforço do Real Madrid e o chamou de “Messi Brasileiro”. Apesar de todos esses atributos, o jogador não se firmou em nenhum grande clube e atualmente está Rayong F.C., da Tailândia.

Foto: Ricardo Saibun / Divulgação Santos FC

Outro nome que decepcionou o santista foi Victor Andrade, que em seu início de carreira foi comparado com Robinho. O jovem assinou seu primeiro contrato profissional em 2011, com uma multa rescisória avaliada em 50 milhões de euros.

O Menino da Vila estreou no time profissional do Peixe em 2012 e marcou seu primeiro gol contra o Cruzeiro, em jogo válido pelo Brasileirão daquele ano. Porém, ele não conseguiu se firmar no time do Santos e rescindiu contrato em julho de 2014 para se transferir ao Benfica, de Portugal. Hoje, está no Goiás.

Ivan Storti / Divulgação Santos FC

O atacante Giva, que surgiu muito bem no Santos, foi mais um jogador que decepcionou o torcedor do Peixe. Revelado pelo Vitória, ele chegou ainda nas categorias de base do Alvinegro e se destacou na Copa São Paulo de 2013, onde foi artilheiro da equipe.

Com as boas atuações na copinha, Giva subiu ao time profissional e ganhou minutos na equipe de cima. Seu primeiro gol no profissional foi contra o Mirassol, em jogo válido pelo Paulistão de 2013.

Já no Brasileiro, o jovem atacante marcou seu primeiro gol em um clássico contra o São Paulo, no Morumbi, quando o Peixe venceu o jogo por 2 x 0. Apesar de um início promissor, ele caiu de rendimento e não repetiu boas atuações. Giva saiu do Alvinegro ao final de 2014.

Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC

Neilton, que foi comparado com Neymar, também não conseguiu decolar na carreira. O jovem atacante brilhou na reta final da Copa São Paulo de 2013, que o Santos foi campeão, e no time profissional teve um começo promissor. Porém, ele saiu do Peixe em maio de 2014 por falta de acerto contratual e assinou com o Cruzeiro.

No time Alviceleste, Neilton pouco atuou e, por isso, foi emprestado ao Botafogo, onde conseguiu se destacar. Mas, o Menino da Vila depois da passagem pelo Fogão não obteve êxito no São Paulo, Vitória e Internacional, respectivamente.

Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC

Geuvânio, que foi revelado pelo Jabaquara, estreou no time profissional Santos em 2012 e virou titular na reta final do Brasileirão em 2013. No ano seguinte, o “caveirinha” foi eleito melhor meia e atleta revelação do Paulistão, que o Ituano venceu na final o Peixe.

Em 2015, Geuvânio venceu o Campeonato Paulista pelo Santos sendo titular no ataque ao lado de Robinho e Ricardo Oliveira. Em 2016, foi negociado com o futebol chinês e teve passagens sem brilho por Flamengo e Atlético-MG, respectivamente. Hoje, o atacante está livre no mercado.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

LEIA MAIS:

Aniversariante do dia, Geuvânio já vestiu a 10 de Pelé e hoje está sem clube

Junior Moraes, Zé Roberto e cia: veja por onde anda elenco do Santos campeão paulista em 2007

8 jogadores com passagens recentes por Santos e Flamengo