5 veteranos que brilharam em finais de Libertadores

Vários jogadores mostraram que davam um bom caldo mesmo já veteranos

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Palmeiras

Para quem acha que jogadores veteranos não podem ajudar seus clubes, a lista do Torcedores mostra 5 jogadores veteranos que brilharam em finais de Libertadores. Veja abaixo:

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Leonardo Silva – Atlético-MG 2013
O zagueiro Leonardo Silva tinha 34 anos quando subiu mais toda a zaga do Olimpia e empatou a final da Libertadores de 2013, o que levou a partida para a prorrogação e deu o título ao Galo nos pênaltis.

Emerson Sheik – Corinthians 2012
Quem também tinha 34 anos era Emerson Sheik, quando deu o passe para Romarinho empatar para o Corinthians o jogo de ida contra o Boca Juniors, na Bombonera, e quando marcou os dois gols do título na semana seguinte, no Pacaembu.

Juan Sebastián Verón – Estudiantes 2009
Mais um de 34 anos que brilhou em final de Libertadores foi o ídolo argentino Sebástian Verón, que mesmo sem gols na decisão contra o Cruzeiro, foi o responsável por organizar o Estudiantes que venceu por 2 a 1 no Mineirão e levou o título.

José Cevallos – LDU 2008
O goleiro equatoriano tinha 37 anos quando foi com a LDU para a final da competição, em 2008, contra o Fluminense, e brilhou em um Maracanã lotado. Defendeu três pênaltis e deu o inédito título ao time do Equador.

Evair – Palmeiras 1999
Já veterano no Palmeiras, Evair tinha 34 anos quando entrou no segundo tempo para ser decisivo. Quando o Verdão perdia o título, o jogador assumiu a responsabilidade e bateu o pênalti que empatou a partida e ajudou a equipe alviverde a chegar ao inédito título da Libertadores.

Leia mais:
5 jogadores famosos que deixaram a Europa para atuarem no mundo árabe

6 goleiros que não eram tão bons e foram para a Copa do Mundo