6 goleiros que não eram tão bons e foram para a Copa do Mundo

Nem sempre os escolhidos pela seleções são os melhores

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Green era o menos confiável, mas foi titular da Inglaterra na abertura da Copa de 2010 (Martin Rose/Getty Images)

Alguns países não conseguem reunir sempre bons jogadores para participarem de Copa do Mundo. Costumeiramente, a posição mais difícil são os goleiros, que muitas vezes oscilam nas carreiras.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Veja 6 goleiros ruins que disputaram Copa do Mundo:

Johnny Herrera
Para sorte do Chile, o ex-goleiro do Corinthians sequer entrou em campo na Copa do Mundo de 2014, já que o titular Claudio Bravo não deixou o time titular. O goleiro segue em atividade pelo Everton, do Chile.

Ricardo Tavarelli
O goleiro paraguaio que pagou mico no Grêmio em 2004 foi titular do Paraguai em 2002, quando teve seu melhor ano da carreira pelo Olímpia. Foi seu único mundial pelo país e nada mais.

Juan Castillo
O goleiro do Botafogo entre 2008 e 2009 ganhou uma vaga na Copa do Mundo de 2010, quando ficou todos os sete jogos disputados pela equipe uruguaia no banco do titular Muslera, para a sorte dos vizinhos.

Doni
O goleiro passou por Corinthians, Santos, Roma, Liverpool, mas nunca foi realmente titular absoluto em nenhum deles. Por algum motivo, Doni era queridinho de Dunga e esteve no elenco da Copa do Mundo de 2010.

Nery Pumpido
A Argentina nunca teve uma grande escola de goleiros e Pumpido foi um deles. O então jogador do Bétis foi um dos goleiros levado para a Copa do Mundo de 1990 e começou a competição como titular, mas tomou um franco contra Camarões e perdeu a vaga para Goycochea.

Robert Green
Um dos goleiros escolhidos pelo técnico Fabio Capello para defender a Inglaterra na Copa do Mundo de 2010 foi Robert Green, então no West Ham, enquanto os outros eram o veterano conhecido David James e a então promessa Joe Hart. Green era o mais duvidoso dos três, mas acabou como titular e tomou um frango inesquecível contra os Estados Unidos. James então ganhou a posição.

Leia mais:
4 jogadores mais famosos no mundo das celebridades do que no futebol