Por onde andam 7 promessas do Corinthians dos últimos anos que não deram certo?

Aniversariante do dia, Boquita chegou ao profissional do time alvinegro quando elenco já tinha Ronaldo Fenômeno e conquistou títulos importantes no século

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Brilhar no Corinthians é para poucos. Porém, o maior campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior sempre revelou muitos jogadores que pareciam ser promissores e poderiam brilhar no futebol brasileiro. Um deles foi o meia Boquita, aniversariante nesta terça-feira (7).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O meia, que se profissionalizou em 2009, teve a chance de aprender com Ronaldo Fenômeno e Roberto Carlos (em 2010), e apareceu como um dos jogadores mais promissores do Brasil na época.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Além de Boquita, outro meia que apareceu no Corinthians e parecia que iria brilhar foi Lulinha. Comparado com Kaká e Ronaldinho Gaúcho, o jovem jogador também não atingiu o que se esperava e acabou se tornando um caso no mundo do futebol.

Confira sete jogadores formados no Corinthians que eram promissores, mas não brilharam:

Boquita – Campeão da Copinha de 2009 e vencedor do Paulistão e da Copa do Brasil no mesmo ano pelo Corinthians no profissional, Boquita hoje atua pelo Taubaté.

Lulinha – Companheiro de Boquita no elenco do Corinthians na época, Lulinha passou pelo futebol português, além de times como Bahia, Ceará, Criciúma, Botafogo e Red Bull Brasil. Atualmente joga no Júbilo Iwata, do Japão.

Dinélson – Apesar de ter sido revelado pelo Guarani, Dinélson passou a sua base no Corinthians e jogou apenas uma temporada na equipe de Campinas. Em 2004, o jogador voltou para o time alvinegro, onde ficou até 2008, passando por diversas equipes do Brasil por empréstimos.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Gustavo Tocantins – Campeão da Copinha em 2015, o atacante hoje é jogador do Vilafranquense, da segunda divisão do Campeonato Português.

Matheus Cassini – Mesmo não jogando profissionalmente pelo Corinthians, Matheus Cassini foi o grande jogador do Corinthians na Copa São Paulo de 2015, quando a equipe foi campeã com Guilherme Arana no elenco. Logo despertou o interesse da Itália, Portugal e França, mas retornou ao Brasil e hoje joga no Fluminense.

Rodrigo Figueiredo – Presente na lista de campeões do Brasileirão de 2017, o meia teve poucas chances em jogos oficiais pelo Corinthians e não conseguiu demonstrar o talento que despertou interesse de grandes da Europa na época da base. Hoje está emprestado ao Joinville.

Carlinhos – Mais recente da lista, o atacante Carlinhos hote tem 23 anos de idade. O jogador se destacou no título da Copinha de 2017 e hoje está emprestado ao Marcílio Dias.

 

LEIA MAIS:

10 jogadores que atuaram com Ronaldo no Corinthians e você não lembra

Pato diz que não foi bem recebido no elenco do Corinthians: “Esperaram o primeiro deslize para me pegar”