Torcedores – Notícias Esportivas

11 brasileiros que são destaques de times médios da Europa

Torcedores.com separou uma lista de nomes onde alguns são pouco falados no Brasil

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Divulgação - Everton

O sonho de qualquer jogador brasileiro é despontar no país e seguir rumo a um gigante europeu. No entanto, na Europa não existem apenas Real Madrid e Barcelona. O Torcedores.com separou uma lista com 11 brasileiros que são destaques de equipes médias do velho continente.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Richarlison – O ‘pombo’ chegou ao Everton há pouco menos de dois anos e já caiu nas graças da torcida. Hoje o atacante é um dos top-15 brasileiros mais valorizados do mundo. Pela equipe inglesa são 70 jogos e 26 gols marcados, além de seis assistências;

Allan – Veterano na Europa mesmo com apenas 29 anos, o volante é um dos brasileiros constantemente pedidos na seleção. Há cinco anos no Napoli, o jogador já atuou em mais de 200 jogos e é um dos ídolos da torcida. Na temporada passada foi cobiçado pelo PSG;

Lucas Moura – Depois de muito tempo no PSG, Lucas chegou ao Tottenham em 2018 e desde então vem sendo importante para a equipe. O atacante está prestes a completar 100 jogos com a camisa dos Spurs. Nesse tempo são 23 gols e nove assistências;

Felipe Anderson – Depois de cinco anos na Lazio, o meia se transferiu para o West Ham, em 2018. Na equipe inglesa, o brasileiro realizou 64 partidas e marcou 11 gols. Além disso, também deu dez assistências;

Diego Carlos – Na Europa desde 2014, o zagueiro passou pela base do São Paulo e deixou o Brasil de graça. Atualmente defende as cores do Sevilla depois de longa passagem pelo Nantes. Em 2020, teve uma carta especial no Fifa e foi titular de muitos ‘players’;

Gabriel Magalhães – O zagueiro do Lille é pouco conhecido do público brasileiro por ter atuado apenas um ano no país, em 2016, pelo Avaí. Porém, após alguns empréstimos, se firmou na zaga da equipe francesa e, nesta temporada, foi eleito para a seleção da Ligue 1 superando Marquinhos e Thiago Silva;

Emerson – O lateral foi comprado pelo Barcelona e repassado ao Bétis, porém o Barça já pensa em leva-lo o mais rápido possível. Pelo Bétis são 31 jogos de um bom futebol, que o levou à seleção brasileira no fim de 2019;

Matheus Cunha – O jovem atacante pouco atuou no Brasil e está na Alemanha há dois anos. No início do ano foi comprado pelo Hertha Berlim por 18 milhões de euros e só atuou em quatro partidas devido à pandemia, mas suficiente para marcar dois gols. Ele também é o titular na seleção sub-20;

Dalbert – Depois da passagem pela Inter de Milão, o lateral chegou à Fiorentina e assumiu a titularidade. Assim como Diego Carlos, foi um dos destaques do Fifa 20;

David Neres – O jovem, cria do São Paulo, é uma das peças fundamentais no Ajax. Pela equipe holandesa, Neres atuou em 119 partidas, marcou 35 gols e deu 34 assistências. Por lá já são quatro títulos;

Douglas Luiz – O volante deixou o Vasco rumo ao Manchester City, porém nunca foi aproveitado na equipe de Pep Guardiola. Foi vendido ao Aston Villa em 2019 por quase 20 milhões de euros e é um dos destaques do time da Premier League.

LEIA MAIS

10 jogadores que deixaram o Brasil como grandes promessas, mas decepcionaram na Europa

10 brasileiros que passaram por grandes equipes da Europa e você não lembra

9 filhos de craques que não tiveram o mesmo sucesso do pai