14 jogadores do Brasil que conquistaram a Copa de 1958 estiveram também em 1962; veja a relação

Técnico mudou, mas base foi a mesma nos títulos

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/CBF

A base do Brasil que conquistou o bicampeonato mundial em 1958 e 1962 é a mesma e prova disso é que 14 dos 22 jogadores que trouxeram o título da Suécia, estiveram também no Chile.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Veja os jogadores que são bicampeões mundiais em sequência pelo Brasil:

Gilmar
Titular em ambas as Copas, foi ídolo de Santos e Corinthians.

Castilho
O goleiro foi reserva nas duas Copas, mas é bicampeão do mundo e está marcado na história.

Bellini
O capitão de 1958 não teve a mesma importância em 1962, mas esteve no Chile e é bicampeão mundial.

Zózimo
O zagueiro esteve em ambos os Mundiais e tem duas Copas.

Mauro
O ídolo do Santos voltou a ser chamado em 1962 após o título em 1958.

Djalma Santos
O lateral não só esteve em 1958, 1962, como também atuou em 1954 e 1966.

Nilton Santos
A Enciclopédia do Futebol foi mais um a ser bicampeão mundial.

Zito
O capitão do Santos foi mais um a brilhar em duas Copas pelo Brasil.

Didi
O ídolo do Botafogo foi mais um a acumular Copas e é bicampeão do mundo.

Zagallo
O ponta-esquerda esteve em ambas as Copas e também tem dois títulos mundiais.

Pepe
O Canhão da Vila esteve nos dois elencos campeões mundiais.

Pelé
O Rei estreou em 1958 e repetiu a dose em 1962.

Garrincha
Mané foi protagonista em ambas as Copas, especialmente em 1962.

Vavá
O centroavante esteve nos dois Mundiais e é bicampeão.

Leia mais:
Sérgio convidou Marcos para morar em sua casa poucos dias após casar; conheça uma das histórias mais cômicas dos ídolos do Palmeiras

Messi e CR7 destronados: veja quem foram os 9 melhores jogadores da UEFA, prêmio que não tem privilegiado os dois craques