Dorival diz que Robinho agregaria ao time do Santos e vê o atacante mais amadurecido: “Tem muita coisa para apresentar”

Robinho tem contrato com o Istambul Basaksehir, da Turquia, até o final de junho de 2020 e interessa ao Santos

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Foto: Ricardo Saibun

O treinador Dorival Júnior, hoje no Athletico Paranaense, conhece bem o time do Santos e o atacante Robinho. Ele comandou o Peixe em duas oportunidades e trabalhou com o Rei das Pedaladas em 2010, quando venceu o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil pelo clube da Vila Belmiro.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
www.facebook.com/TorcedoresOficial

Na opinião de Dorival, o atacante Robinho pode acrescentar muito ao time do Santos, que tem o interesse em contratar o Menino da Vila. O treinador do Furacão afirmou que tecnicamente “não tem o que dizer” sobre o experiente jogador, e o vê mais amadurecido para desempenhar o seu melhor futebol.

“Eu acho que ele teria muito. Acho que o amadurecimento dele veio acontecendo. Ele ainda tem muita coisa pra apresentar. É questão de ele se sentir bem, confortável, confiante e seguro pra jogar. O restante, tecnicamente falando, pelo amor de Deus, não tem nem o que dizer. É um dos jogadores com a bola dominada, que eu vi jogando, que com mais carinho trata essa bola. Com o tempo passando, cada dia ele vai ficar melhor, porque ele vai juntar muito mais com a sua sensibilidade do que, propriamente, com o seu comportamento físico”, disse Dorival, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Robinho, de 36 anos, tem contrato com Istambul Basaksehir, da Turquia, até o próximo mês e pode retornar ao Santos. O atacante já declarou que a dívida que o clube tem com ele não é um problema e deixou aberto a possibilidade de voltar ao Peixe, onde ele iniciou sua trajetória no futebol.

LEIA MAIS:

Relembre 10 jogadores que se envolveram em confusões e polêmicas fora dos gramados

Santos envia camisas personalizadas para Andreas Pereira, que agradece: “Muito obrigado pelo presente”

Muricy aponta dois fatores para o Santos estar em jejum de títulos e analisa trabalho de Jesualdo