Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Com jogador expulso, Milan é eliminado da Copa da Itália pela Juventus

Os rossoneros não ganhavam da Juve na Copa da Itália desde 1985, e permaneceu sem vencer

Eduardo Statuti
Estudante de jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei. No Torcedores desde 2019.

Crédito: Reprodução Twitter Juventus

O Milan enfrentou a Juventus na última sexta-feira, 12, pela semifinal da Copa da Itália. Na partida de ida, no San Siro, os rossoneros saíram na frente mas permitiram o empate nos acréscimos. Cristiano Ronaldo, de pênalti deu a vantagem do empate pelo placar mínimo à Juventus. Sendo assim, o Milan teria que marcar pelo menos um gol para ir para a final. Além de jogar fora de casa, a equipe de Stefano Pioli não pode contar com Ibrahimović que lesionou um músculo ósseo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

A Juventus dominou totalmente a primeira etapa. Com um ataque agressivo, a Vecchia Senhora atacou muito, principalmente pelo lado direito. O gol quase saiu de pênalti, mas Cristiano Ronaldo acertou a trave. Em contrapartida, o Milan não conseguiu fazer Buffon sujar seu uniforme. A única finalização da equipe comandada por Stefano Pioli levantou voo rumo as arquibancadas. Posteriormente, em um segundo tempo morno, os mandantes conseguiram assegurar o resultado e a classificação.

Cristiano Ronaldo erra pênalti e Milan fica com um a menos

Durante início do jogo, a Juventus agrediu bastante o Milan pelo lado esquerdo. Além disso, sem a bola, a Vecchia Senhora sufocava o adversário em seu campo de defesa, impossibilitando a criação de jogadas. No primeiro lance da partida, os visitantes assustaram Gianluigi Donnarumma. Alex Sandro fez boa jogada pela esquerda e passou para Douglas Costa na entrada da área. De primeira o brasileiro bateu firme, mas a bola passou rente à trave direita.
Aos 12 minutos, a pressão da Juve quase surtiu efeito no ataque. Após Cristiano Ronaldo tentar dominar a bola dentro da área, Andrea Conti tocou levemente o cotovelo na bola. Depois de rever o lance no VAR, o árbitro marcou a penalidade máxima. Posteriormente, o português cobrou o pênalti no canto esquerdo, o goleiro acertou o lado, mas a bola explodiu na trave. Durante a sequência do lance, o atacante Rebic ergueu demais seu pé na dividida com Danilo, atingindo o peito do lateral direito. Rapidamente, Daniele Orsat mostrou o cartão vermelho para o croata.
Mais tarde, aos 30 minutos, o goleiro do Milan teve que trabalhar novamente. Danilo fez boa jogada pela esquerda e encontrou Matuidi na área. O francês finalizou forte, mas não venceu o reflexo de Donnarumma, que espalmou a bola.

Em nenhum momento da primeira etapa o Milan levou perigo a Buffon. Enquanto a Juve finalizou 13 vezes, uma no gol, os visitantes chutaram apenas uma vez, e bem longe do gol. Desta maneira, os mandantes pressionaram o tempo todo, mas ainda assim, foram para os vestiários com o placar zerado.

Em segundo tempo morno, Juventus assegura classificação

Nos primeiros minutos da segunda etapa o Milan conseguiu assustar Buffon. Após boa arrancada pela esquerda, Bonaventura encontrou Çalhanoglu dentro da área. Mesmo cercado por cinco jogadores o turco cabeceou a bola rente a trave direita.

A segunda etapa teve um ritmo mais lento que primeira. Aos 15 minutos do segundo tempo, Sarri fez alterações significativas em sua equipe. Douglas Costa, Matuidi e Khedira deram lugar a Bernardeschi, Rabiot e Khedira. Sendo assim, o treinador italiano abandonou o esquema 4-3-3 para adotar o 4-4-2, com Cristiano Ronaldo e Dybala no ataque.

Apesar de os dois treinadores terem feito quase todas as alterações a que tinham direito, o segundo tempo foi morno. Tanto Buffon como Donnarumma foram pouco exigidos, ou nada no caso do goleiro da Juve. Desta maneira, com o empate, a Juventus avançou para a final da Copa da Itália. Sendo assim, a equipe de Maurizio Sarri vai em busca do 14º título da Juve no campeonato. Enquanto o Milan ficará apenas com o sonho de uma classificação melhor no Campeonato Italiano.

 

FICHA TÉCNICA

Posse de bola: Juventus 63 X 37 Milan

Finalizações: Juventus 26 X 6 Milan

Chutes no gol: Juventus 7 X 0 Milan

Faltas: Juventus 16 X 11 Milan

Escalação Juventus: Buffon; Danilo (86′ Cuadrado), Bonucci, De Light, Alex Sandro; Bentacur, Pjanic (62′ Khedira), Matuidi (62′ Rabiot); Diego Costa (63’Bernardeschi), Cristiano Ronaldo, Dybala; Maurizio Sarri

Escalação Milan: Gianluigi Donnarumma; Andrea Conti (88′ Saelemaekers), Simon Kjaer; Alessio Romagnoli, Davide Calabria (88′ Laxalt); Bennacer, Franck Kessié (82′ Krunić); Hakan Çalhanoglu (52′ Rafael Leão), Lucas Paquetá (82′ Colombo), Giacomo Bonaventura; Ante Rebic

Árbitro: Daniele Orsat

 

LEIA MAIS:

Felipe e João Félix devem ser desfalques do Atlético de Madrid contra o Bilbao no domingo

Messi é o melhor reserva do Campeonato Espanhol