Deivesson diz ter plano para vencer balança e afirma sobre Benavidez: “Estou indo para finalizar”

Prestes a disputar o título dos moscas do UFC, no dia 18, o lutador comentou a respeito da futura luta

Romário Pereira de Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil

No primeiro duelo contra Benavidez, Deiveson venceu por nocaute técnico, porém, não pôde trazer o título para o Brasil por ter ultrapassado o limite de peso. Desta vez, o brasileiro se diz totalmente focado e comprometido a vencer a balança e levar o cinturão peso-mosca para casa. Ele terá nova oportunidade no próximo 18 de julho.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Ciente de que não poderá mais cometer erros, o lutador diz ter estratégia para que não corra risco de ultrapassar o peso novamente. Em entrevista ao Ag.Fight, O Deus da Guerra, como é conhecido, revelou que, dessa vez, vai chegar com uma medida bem menor do que nas suas últimas lutas.

“Queremos viajar com 60, 61 kg, com o peso bem baixo. Sou um cara que estou acostumado a chegar com 65, 66 kg. Mas agora não quero deixar a peteca cair. Quero chegar lá com a certeza de bater o peso e trazer o cinturão”, afirmou o lutador, que atualmente é o número um do ranking da divisão.

Apesar de ter vencido Benavidez por nocaute no primeiro duelo, em fevereiro deste ano, Deiveson parece querer mostrar que pode vencer o americano com outras armas. O americano nunca foi finalizado na carreira. Apesar disso, ele afirmou que pretende entrar para a história e ser o primeiro a finalizar o americano.

“Ele vai chegar bem cabisbaixo, porque sabe que sou um cara agressivo e estou indo para nocautear novamente. E quero quebrar esse negócio que ninguém nunca finalizou ele e estou indo para finalizar. Cheguei perto (de finalizar). Agora é encaixar os golpes e não deixá-lo fugir. Sei que ele é rápido, explosivo, mas tenho o mesmo jogo. Como somos o dono do jiu-jitsu no Brasil, estamos estudando uma forma de parar isso e estabilizar as posições para não fugir do golpe encaixado”, completou.

Números de Deiveson

Deiveson Figueiredo acumula 18 vitórias e apenas uma derrota em sua carreira, para o compatriota Jussier ‘Formiga’, em março de 2019, por decisão unânime dos jurados. No UFC desde 2017, o brasileiro acumula sete vitórias e apenas um revés. Joseph Benavidez tem bem mais experiência no MMA. Com um cartel de 28 vitórias e apenas seis derrotas, quatro delas em disputas por cinturão, o americano é visto como um dos melhores lutadores da categoria.

LEIA MAIS SOBRE UFC
Jorge Masvidal ameaça se aposentar se UFC não lhe remunerar como deseja

Jon Jones mostra indignação com o UFC e afirma que só volta para o octógono quando receber o que merece