Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jogadores que já falaram abertamente sobre drogas e dependência química: relembre

Conheça as histórias de ídolos que venceram dentro e fora de campo 

Dmitry Goes
Jornalista Esportivo

Crédito: Redrodução/Youtube

Entre os casos de jogadores  que tiveram suas experiências com drogas reveladas à imprensa, destaca-se a do ídolo corintiano, Walter Casagrande Júnior, que usou substâncias entorpecentes por 38 anos e hoje tem uma vida longe das drogas após a realização de tratamentos e com o apoio da família.

ex-craque do Timão passou por alguns anos de sua vida usando alguns tipos de drogas, como maconha e cocaína. Em 1981, conforme revelou em entrevista ao Canal Coração e Vida, passou a se aproximar de outras drogas, além da que é considerada mais leve, a maconha. ‘’ Em 1981, comecei a usar outras drogas, além da maconha. Minha pior fase foi após a Copa do Mundo de 1998. Nesse período o uso se intensificou, meu relacionamento com minha ex-mulher começou a ser atingido. O uso foi aumentando e aumentando…’’, revelou. 

Diante de todo esse cenário de uso de drogas e vendo que sua vida estava sendo atingida pelo vício, em 2006, após sofrem um acidente de carro, seus familiares decidiram, ainda que de modo involuntário, internar Casão, como é chamado carinhosamente por muitos, em uma clínica de reabilitação e sua ida mudou o rumo da vida do comentarista esportivo. ‘’ O apoio da família é primordial. Quando alguém é internado, se senti sozinho, acha que o mundo acabou, e que ninguém vai te querer mais. Agora quando você vê que sua família está te apoiando, se sente mais entusiasmado em seguir com o tratamento. 

Mesmo seguindo todas as orientações dos especialistas, Casagrande revela que permanece em uma luta diária para se manter longe das drogas.’’ Do tratamento até agora, estou em uma luta constante’’. 

Atualmente, Casa Grande é comentarista esportivo da Rede Globo, e possui respeito pela sua superação na luta contra as drogas. 

Dinei  

Uma das principais estrelas do Corinthians nos anos 90, o atacante, Dinei teve teste positivo no antidoping em 1996 por uso de cocaína, ainda quando atuava pelo Coritiba. Como punição, o ex-atleta foi suspenso por 240 dias. 

 

Edinho – Filho do Rei Pelé 

Edson Cholbi Nascimento, o Edinho, tem na sua história o envolvimento com drogas. Em 2005, durante uma investigação, a Polícia Civil de São Paulo apontou o filho do Rei Pelé como integrante de uma quadrilha do litoral paulista, algo que foi negado por ele e afirmou que apenas fazia uso de maconha. Edinho atuou como goleiro do Santos entre 1990 e 1998.  

 

Leia mais

Exercícios para fazer em casa e manter a forma