Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Quem é Ansu Fati, jovem de 17 anos que vem brilhando pelo Barcelona?

Nascido em Guiné-Bissau, atacante está desde os dez anos nas categorias de base do Barcelona; irmãos também são jogadores

Daniel Gois
Estudante de jornalismo da Universidade Católica de Santos. No Torcedores desde janeiro de 2017, escreve sobre futebol, basquete, formula 1 e eventualmente games.

Crédito: Alex Caparros/Getty Images

Anssumane Fati Vieira. Ou simplesmente Ansu Fati. Essa é a nova aposta vinda dos times juniores do Barcelona. Com apenas 17 anos, o atacante já coleciona números e atuações expressivas pelo clube catalão, que têm chamado atenção de outros gigantes da Europa.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

A mais recente foi diante do Leganés, nesta terça (16). Além de começar a partida como titular, compondo o ataque com Messi e Griezmann, Ansu Fati abriu o placar para o Barcelona. Foi o sexto gol em 25 partidas como profissional.

A relação da família Fati com o futebol começou antes mesmo de Anssumane nascer. Bori Fati, pai de Ansu, jogou profissionalmente em equipes guineenses e times menores de Portugal. O país africano viveu uma sangrenta briga por independência, conquistada em 1973. No final da década de 1990, a nação mergulhou em uma guerra civil, responsável pela fuga de 500 mil pessoas, entre elas Bori Fati.

Em 2001, Bori seguiu para a Espanha em busca de melhores condições de vida. No começo, chegou a morar na rua e passar fome. Anos mais tarde, ele se tornou motorista na cidade de Herrera, província de Sevilha, e finalmente conseguiu trazer a família para o Velho Continente.

Ansu Fati chegou a Espanha aos seis anos de idade, quando o irmão mais velho, Braima, passou a atuar nas categorias de base do Sevilla. O irmão mais novo de Ansu, Miguel, também segue carreira no futebol. Todos pertencem ao Barcelona, sendo que Braima está emprestado ao Calahorra, da terceira divisão espanhola.

Aos dez anos, Ansu Fati passou a integrar a La Masia, academia de jovens jogadores do Barcelona. Na época, ele chegou a ser disputado também pelo Real Madrid.

O primeiro contrato profissional foi assinado em julho de 2019, quando Fati tinha 16 anos. Em 25 de agosto, ele se tornou o segundo jogador mais jovem a atuar pelo Barcelona, apenas dezoito dias atrás de Vicent Martinez, que atingiu o feito em 1941.

Seis dias depois, Fati marcou o primeiro gol como profissional, na partida contra o Osasuna. Em setembro, ele conseguiu cidadania e passaporte espanhóis, se tornando opção para a seleção sub-17 da Espanha.

Em dezembro de 2019, Fati deixou marca registrada na Champions League. Com 17 anos e 40 dias, o guineense se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol na história do torneio, ao balançar as redes na vitória do Barcelona sobre a Inter de Milão, por 2 a 1.

O Manchester United é um dos gigantes europeus que está de olho em Fati. Segundo o jornal britânico Times, os Diabos Vermelhos ofereceram 150 milhões de euros (R$ 886,5 milhões) para contratar o jogador de 17 anos. A oferta foi recusada pelo Barcelona, que possui vínculo com Fati até o fim da temporada 2021/22.

Palavras de Ansu Fati após marcar duas vezes contra o Levante, em fevereiro deste ano

LEIA MAIS

5 brasileiros que estão na Premier League e talvez você não saiba

Rooney, Rafael Cabral e mais: 8 jogadores experientes que estão na segunda divisão inglesa

Bayern faz história e chega a 30 títulos na Bundesliga; veja lista dos maiores campeões