Série B do Brasileirão é liga que mais troca de treinadores no mundo, aponta estudo

Série A aparece no top-20 e também apresenta números ruins

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

Um estudo da CIES (Centro de Estudo Internacional do Esporte) divulgado nesta segunda-feira (22) apontou a Série B do Brasileirão como a liga que mais promove troca de treinadores nos clubes.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Segundo o documento, um treinador é demitido ou deixa um clube da Série B a cada 122 dias. Logo na sequência aparecem a TFF 1. Lig, nome da segunda divisão da Turquia, que troca treinadores a cada 124 dias, e a Virsliga, a primeira divisão da Letônia, que está em terceiro com 134 dias.

A Série A do Brasileirão também aparece mal ranqueada no estudo da CIES e está em 17º, compondo o top-20, com uma troca de técnicos a cada 168 dias.

Para método de comparação, a CIES apresentou quantos dias um treinador fica em seu cargo nas cinco principais ligas da Europa. A pior posicionada é a Bundesliga, que troca de treinadores a cada 336 dias, na sequência aparecem o Campeonato Italiano, com 351, o Francês, com 375, e com maior distância o Espanhol, com 506 dias, e a Premier League, com 547 dias para trocas de treinadores.

O extremo oposto do estudo mostra as três ligas que menos trocam seus técnicos. A liga do País de Gales demora em média 943 dias para ter uma troca de treinador, em sequência aparecem a Liga Sueca, com 890 dias e a Super League da Suíça, com 706 dias.

Leia mais:
Governo Federal passa responsabilidade a Estados e aprova medida da CBF para retorno do futebol, diz blog

Mauro Beting detona responsáveis por jogos do Carioca no Maracanã: “vocês merecem o inferno”

Do Kuwait à Jamaica: 5 técnicos brasileiros que comandaram seleções aleatórias em Copas