Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

5 brasileiros que têm chances reais de medalha na Olimpíadas de Tóquio

Brasil planeja conquistar mais do que as 19 medalhas conquistadas no Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016

Rafael Vieira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: DIVULGAÇÃO

Em 2016, o Brasil terminou a Olimpíadas no 13º lugar com 19 medalhas (sete de ouro, seis de prata e seis de bronze). Dessa forma, nas Olimpíadas do ano que vem, o Brasil planeja terminar com mais medalhas e em uma posição melhor.

Para alcançar esse objetivo, o Brasil terá que contar os esportes coletivos e principalmente os individuais. Pensando nisso, separamos 5 brasileiros que possuem chances reais de conquistar uma medalha na Olimpíada de Tóquio. Confira:

Pamela Rosa – Skate

O Skate faz sua estreia nas Olimpíadas e uma brasileira pode brilhar na categoria. Dessa forma, Pamela Rosa, de 20 anos, é uma “veterana” campeã no Skate. Para se ter ideia, Pamela ganhou o Campeonato Mundial de Skate em São Paulo, em Setembro do ano passado. O resultado a consolidou como líder no Ranking Mundial e também garantiu uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio.

Isaquias Queiroz – Canoagem

Isaquias foi muito bem nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, ganhando uma medalha de prata e bronze. Além disso, ele foi muito bem no ano passado, conquistando o mundial no C1 1000m e ouro no Pan de Lima.

Beatriz Ferreira – Boxe

Beatriz Ferreira é uma das grandes esperanças de medalha para o Brasil. Ano passado, ela ganhou o Campeonato Mundial de Boxe disputado na Rússia. Além disso, ela soma 24 medalhas em 25 competições disputadas na carreira. Vale lembrar que ela também foi campeã dos Jogos Pan-Americanos do ano passado.

Gabriel Medina – Surf

O Surf é outra categoria estreante nas Olimpíadas. Dessa forma, Gabriel Medina é um dos favoritos para ganhar a competição. Além disso, o Brasil também será representado por Ítalo Ferreira, que é um dos melhores surfistas da atualidade.

Mayra Aguiar – Judô

Mayra Aguiar foi ouro no Pan-Americano de Lima. Além disso, ela é atualmente a número 1 do mundo em sua categoria no Judô. Vale lembrar que nas Olimpíadas do Rio, ela conquistou a medalha de bronze.

LEIA MAIS:

5 provocações inesquecíveis de Grêmio e Inter

Tóquio 2020: qual o prejuízo com o adiamento da Olimpíada?

Serie A: Juventus pode ser campeã antecipada? Veja cenários