5 motivos para assistir à final da Copa do Nordeste

Nordestão definirá o seu campeão da sua 17ª edição na próxima terça (04)

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação

Abrindo a decisão da Copa do Nordeste 2020, Ceará e Bahia medem forças neste sábado (01), às 16h (de Brasília), em Pituaçu. Embalados por boas apresentações nas fases anteriores, os gigantes nordestinos reeditam o confronto que já definiu título dentro do torneio regional.

Listamos abaixo, cinco motivos para você acompanhar essa decisão.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

DUELO DE SÉRIE A

Donos de campanhas expressivas dentro da primeira fase e no mata-mata, Bahia e Ceará protagonizam um duelo de elite na finalíssima da Copa do Nordeste. O Tricolor chega para a decisão tendo superado Botafogo-PB e Confiança, enquanto o Vozão despachou o Vitória e o arquirrival Fortaleza, que figura na Série A do Brasileiro, e defendia o título.

HISTÓRICO EQUILIBRADO

De acordo com dados do site “o Gol”, o embate entre Vozão e o Tricolor de Aço aponta um expressivo equilíbrio. São 45 jogos oficiais disputados, com 16 triunfos do Bahia, 14 empates e 15 vitórias do Ceará.

Pela Copa do Nordeste, no entanto, a vantagem é alvinegra: são cinco vitórias do Vozão, três empates e quatro triunfos do Esquadrão.

No recorte dos últimos 10 jogos, o Bahia triunfou quatro vezes, contra apenas duas vitórias do Ceará, além de quatro empates – um deles nesta temporada pelo Nordestão.

REEDIÇÃO DE FINAL

Na temporada 2015, Bahia e Ceará fizeram a final da Copa do Nordeste, e o time alvinegro levou a melhor, vencendo as duas partidas (1 a 0 em Salvador, e 2 a 1 no Castelão), faturando assim o seu primeiro título na história da competição.

REENCONTRO GUTO FERREIRA COM O BAHIA

O embate entre os times da Série A marcará o reencontro de Guto Ferreira com o Tricolor da Boa Terra. Agora no Vozão, o comandante alvinegro teve duas passagens pelo Bahia, chegando a conquistar o sonhado acesso da equipe para a elite nacional, além de ter faturado edição da Copa do Nordeste em 2017 e um Campeonato Baiano – este já em sua segunda passagem.

BAHIA PODE IGUALAR FEITO DE RIVAL

Caso consiga dar o troco no Ceará, o Bahia chegará à sua quarta conquista de Copa do Nordeste na história, igualando assim o arquirrival Vitória, que não vence o regional desde 2010. Maior finalista do Nordestão, o Tricolor vai para a sua oitava decisão e busca repetir os feitos de 2001, 2002 e 2017.

LEIA MAIS: