Benfica tenta “seduzir” Jorge Jesus com alto salário e contrato longo, diz jornal

Clube português apresentou uma proposta consistente para contratar Jorge Jesus

Bruno Romão
23 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Alexandre Vidal/CRF

O jornal “O Jogo” revelou os detalhes da proposta para tentar tirar Jorge Jesus do Flamengo. Para isso, o presidente dos Encarnados, Luís Filipe Vieira, promete dar todo o respaldo para o treinador e sua comissão técnica. Sendo assim, as partes estão chegando em um acordo, que pode ser selado nos próximos dias, após a final da Taça Rio.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Um contrato de longa duração foi oferecido para o técnico, mas o período exato não foi revelado. Além disso, o mandatário máximo garantiu que investimentos para fortalecer o plantel vão ocorrer. A intenção é montar uma equipe forte para chegar no mata-mata da Champions League.

Porém, não será nada barato arcar com os custos do retorno do ‘Mister’. Mesmo assim, é informado que o Benfica está disposto a oferecer  12 milhões de euros (R$ 72 milhões) anuais para todo o estafe do técnico. Livre de impostos, o comandante, e toda sua comitiva, devem receber cerca de 6.5 milhões (R$ 39 milhões) por temporada.

Por fim, é citado que o advogado Bruno Macedo, velho conhecido do português, está conduzindo as negociações. Enquanto discute os termos com Jorge Jesus, ainda é preciso convencer o Flamengo a liberar o treinador. A multa rescisória seria de 4 milhões de euros (R$ 24,1 milhões), mas dinheiro não parece ser empecilho para que haja um desfecho nas conversas.

Por enquanto, o técnico está focado na decisão marcada para quarta-feira (8), no Maracanã, diante do Fluminense. No entanto, este pode ser seu último jogo à frente do Flamengo, já que os próximos dias serão decisivos para saber o futuro de Jesus.

LEIA MAIS