CBV confirma equipes para a próxima edição da Superliga

Após atraso na divulgação entidade confirmou as 24 equipes do torneio

Raul Felix
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciou na última sexta-feira (24) a participação dos clubes na próxima edição da Superliga. De acordo com a entidade, todas as equipes cumpriram com as exigências financeiras da organização. No entanto, devido a alguns atrasos, a entidade teve que adiar a confirmação dos times da edição 2020/21. Com a burocracia em dia, as novidades ficam para estreia do São José dos Pinhais e Azulim/Gabarito/Uberlândia, que estreiam na competição nacional.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A curiosidade entre os confirmados é a participação do São Caetano na competição entre as mulheres. Isso porque a equipe do ABC foi rebaixada na última edição. Porém, com a união do Sesc-RJ e Flamengo, e a desistência do vice-campeão da Superliga B, o time paulista manteve na primeira divisão do vôlei nacional.

No feminino, as 12 equipes que cumpriram as exigências foram Sesi Vôlei Bauru , Brasília Vôlei, Curitiba Vôlei, Fluminense, Itambé/Minas, Osasco/Audax/São Cristóvão Saúde, Pinheiros, Dentil/Praia Clube, São José dos Pinhais, Sesc RJ Flamengo, São Paulo/Barueri e São Caetano.

Já no masculino estão aptos Apan/Eleva/Blumenau, Minas Tênis Clube, Vôlei UM Itapetininga, Montes Claros América Vôlei, Caramuru Vôlei, Sada Cruzeiro, EMS Taubaté Funvic, Sesi-SP, Azulim/Gabarito/Uberlândia, Vedacit Vôlei Guarulhos, Pacaembu Ribeirão e Vôlei Renata (SP).

A última edição da Superliga foi encerrada antes das disputas dos playoffs. Na ocasião, o Sesc-RJ liderava o torneio feminino. No masculino, o EMS Taubaté Funvic liderava a competição. O campeonato foi encerrado na última rodada da fase de classificação.

O início da Superliga ainda não foi marcado. A data deve ser anunciada assim que a situação da pandemia no Brasil estiver mais controlada. Normalmente, o início da competição acontece entre outubro ou novembro. Os campeonatos regionais e um torneio rápido entre os primeiros colocados da última Superliga devem dar início a temporada.

Tricampeão da Champions e penta mundial, Trentino anuncia Lucarelli