Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Futebol: 4 profissionais que rescindiram contrato por problemas familiares

Modalidade reserva imprevistos tanto dentro como fora de campo

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Divulgação/Santos FC

O futebol é capaz de reservar lances inesperados. Uma bola na trave aos 45 minutos do segundo tempo, uma expulsão precoce ou dois gols em pouco tempo podem decretar o vencedor de uma partida ou, até mesmo, qual time será campeão. Imprevistos, entretanto, ocorrem também fora das quatro linhas. A seguir vamos citar quatro profissionais da bola que rescindiram o contrato após alegarem problemas familiares.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

1- Léo

Aniversariante desta segunda-feira (6), o ídolo santista rescindiu contrato com o Benfica por problemas familiares, em 2009. Ele ficou quatro anos no futebol lusitano.

Nesse período conquistou uma vez o Campeonato Português (2008/2009) e uma vez a Supertaça Cândido de Oliveira (2005)

2- Yuri Naves

Atualmente no futebol gaúcho defendendo o Caxias, o meio-campista rescindiu contrato com o Remo, em novembro de 2019. Yuri Naves alegou que a filha apresentou problemas de saúde.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 
Yuri Naves, jogador de futebol rescindiu contrato com o Mais Querido – imagem: Samara Miranda/ascom Remo

Yuri Naves, jogador de futebol rescindiu contrato com o Mais Querido – imagem: Samara Miranda/ascom Remo

O vínculo entre as partes era válido até o fim de 2020. Nas redes sociais, o jogador já manifestou carinho ao Mais Querido.

3- Adílson Warken

O ex-jogador saiu do futebol russo após cinco anos de serviços prestados ao Terek Grozny. “O futebolista pediu para rescindir o contrato por mútuo consentimento das partes, por motivos familiares. Será a oportunidade de ir para casa devido à doença de seu pai”, explicou o clube, em nota oficial.

Adílson Warken, ex-jogador de futebol - imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Adílson Warken, ex-jogador de futebol – imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Recentemente, Adílson foi dispensado pelo Atlético-MG. Ele exercia a função de auxiliar-técnico. Mas foi demitido após a contratação do técnico venezuelano Rafael Dudamel.

4- Caio Zannardi

Em 2018, o então técnico do time sub-20 do Atlético-MG deixou o clube por problemas familiares, conforme disse a assessoria de comunicação do clube mineiro. Atualmente, Zanardi está no Al-Nasr (time dos Emirados Árabes)

Leia também:

Futebol: 9 jogadores que já foram suspensos por doping

Futebol: 6 jogadores que ficaram marcados por causa de expulsões