Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

GSP descarta retorno ao MMA e luta contra Usman: “Não vale a pena”

Nigeriano chegou a sugerir luta com canadense, mas ex-campeão dos meio-médios não deseja voltar ao MMA

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites)

Crédito: Reprodução/Instagram Oficial Georges St-Pierre

Uma volta de Georges St-Pierre tem sido especulada desde que o desejo do canadense de encarar o russo Khabib Nurmagomedov surgiu. Mas se nem este poderá encarar GSP, talvez nenhum outro lutador o faça se convencer de voltar a lutar MMA.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Depois de vencer Jorge Masvidal, Kamaru Usman declarou em entrevista que sonha em fazer uma ‘superluta’ com o ex-campeão dos meio-médios e dos médios do UFC. Mas a lenda das lutas, em entrevista ao TMZ, descartou ambas as possibilidades.

“Acho que para mim, é melhor ficar afastado e mirar em outros projetos. Mas ainda gosto deste esporte e assistir os grandes caras lutarem. Eu vi o Kamaru lutar. Foi um grande luta, ele é muito inteligente. Todos falam de sua forma física e do que ele sabe fazer, mas acho que a inteligência dele é seu melhor atributo. Ele se torna o rival perfeito para seu oponente, foi uma luta quase perfeita”, disse GSP.

“Mas preciso tomar decisões inteligentes e voltar agora e lutar contra Kamaru pelo cinturão e arriscar tudo que conquistei, há mais contras do que prós. Então, é melhor eu continuar de fora. Eu poderia pensar que seria louco de arriscar tudo e levar uma surra”, completou.

Agora se dedicando a outras atividades, GSP afirmou que que a saúde e os ganhos financeiros que amealhou durante a seu sucesso no UFC são suficientes para justificar seu afastamento dos octógonos e não responder possíveis desafios rivais.

“Será que quero voltar a treinar duro, me prender a isso e me dedicar ao viver o ‘inferno’? Eu não. Já fiz isso por um bom tempo e, infelizmente, vejo muitos lutadores decidindo se aposentar tarde e não quero ser um destes caras. Tenho sorte, tenho minha saúde e ganhei bastante dinheiro. Saí na hora certa”, afirmou.

LEIA MAIS

Colega de treinos não vê chance de Khabib lutar ainda em 2020
Prestes a realizar última luta do contrato, Werdum descarta renovação com UFC: “Acabou o ciclo”

St-Pierre chama Khabib de “lutador perfeito” e explica desejo de enfrentá-lo

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram Oficial Georges St-Pierre)