Chris Paul, Carmelo Anthony e Dwayne Wade fundam Social Change Fund, que busca combater desigualdades raciais

Chris Paul, Carmelo Anthony e Dwayne Wade fundam o Social Change Fund, que busca ajudar afro-americanos de diversas maneiras diferentes

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A campanha “Black Lives Matter”, que busca dar visibilidade aos direitos dos pretos mundo afora, segue inspirando uma série de pessoas. Sobretudo após a execução de George Floyd, afroamericano morto por asfixia pelo joelho de um policial branco. Na última quarta-feira (22), um trio de jogadores da National Basketball Association (NBA) anunciou a criação de um fundo para combater a desigualdade racial nos EUA. Trata-se do Social Change Fund.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Os responsáveis pela criação do Social Change Fund são:

– Chris Paul, armador, atualmente no Oklahoma City Thunder
– Carmelo Anthony, ala, atualmente no Portland Trail Blazers
– Dwyane Wade, ala-armador, aposentado e com passagens por Miami Heat, Chicago Bulls e Cleveland Cavaliers

De acordo com comunicado enviado à imprensa, os objetivos do Social Change Fund são:

– Pôr fim à brutalidade policial
– Defender a reforma da justiça criminal
– Possibilitar a equidade econômica
– Apoiar o voto
– Apoiar o envolvimento cívico
– Defender os direitos humanos de todas as vidas negras

O trio responsável pelo Social Change Fund, em 2016, abriu o ESPY Awards – premiação da ESPN norte-americana. Eles estavam acompanhados de LeBron James. Na ocasião, os atletas encorajaram atletas de todos os esportes a promoveram mudanças no local onde estão inseridos. Eles também pediram o fim da violência policial.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL