Após expulsão, Pottker se desculpa com companheiros

Pottker que busca viver um bom momento no Internacional não aproveitou bem a oportunidade que lhe foi dada no jogo contra o Atlético-GO

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Foto: Félix Zucco

William Pottker teve a responsabilidade de substituir Paolo Guerrero, que sofreu uma lesão no joelho e deve ficar alguns meses fora. Mas, o atacante colorado não conseguiu fazer uma boa atuação, além de ter ficado marcado pela expulsão no segundo tempo da partida. Após perder a cabeça, o jogador agrediu um adversário.

Conheça a Bet4Plus e experimente fazer uma aposta esportiva grátis, sem necessidade de depósito

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Segundo o vice de futebol Alessandro Barcellos, Pottker lamentou o ocorrido, e no vestiário se desculpou com os seus companheiros: “O Pottker já fez sua avaliação, ele pediu desculpas aos companheiros, à direção, à comissão técnica. O momento do jogo foi tenso, sabemos que muitas coisas acontecem no campo e não chegam ao lado de fora. As coisas que temos que tratar, trataremos dentro do vestiário. O Pottker é um jogador importante, está integrado ao grupo, atuante, com gana. Evidentemente que qualquer expulsão, com briga, reação, precisa ser conversada, e fizemos isso. Mas temos certeza da importância dele para o grupo. Ele tratou de pedir desculpas também ao torcedor. Os 10 que ficaram em campo mostraram a garra que têm e vencemos o jogo”, disse Barcellos.

Quem também comentou o ocorrido foi o técnico do Internacional, Eduardo Coudet, que condenou a atitude do jogador, mas poupou criticas ao atleta: Sabemos que ele cometeu um erro, mas somos um grupo para isso. Trabalhamos para corrigir quando alguém comete um equívoco, um erro, uma atitude como essa. São coisas que não queremos que aconteça, mas fizemos um grande esforço e seguimos adiante, que era o mais importante”, disse.

LEIA MAIS:

Brasileirão: Diniz tem um dos piores aproveitamentos de técnicos na era dos pontos corridos

Depois de especulado no Atlético-MG, Pato é sondado por outro gigante brasileiro

Tiago Nunes elogia Otero: “Tem qualidades e atributos”