Fórmula 1: quem são os favoritos para o GP de 70 anos?

Bottas desbancou Hamilton e largará na pole position, mas novamente a Mercedes terá dobradinha na primeira fila com RBR dominando a segunda

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Reprodução/Twitter

A quinta etapa do Mundial de Fórmula 1 em 2020 acontece neste domingo a partir das 10h (de Brasília). Além de todo o impacto que a corrida apresenta, o GP em Silverstone marcará os 70 anos desde a primeira prova da categoria. E diferentemente das últimas três corridas, Lewis Hamilton não estará na pole position e seu companheiro Valtteri Bottas largará em primeiro.

O inglês que reconheceu que não fez um bom treino classificatório acabou ficando com a segunda colocação com as duas RBR vindo logo em sequência. A surpresa, no entanto, acabou ficando com as quedas de rendimento das Racing Point e Renault – duas equipes que vinham fazendo um bom ano na Fórmula 1. Desde os treinos de sexta tanto Daniel Ricciardo como Nico Hulkenberg conseguiam mostrar um grande desempenho e que até poderiam surpreender para a prova, mas ambos acabaram bem abaixo na classificação com apenas o 11º e o 9º lugar, respectivamente.

Era uma vez uma Ferrari?

A Ferrari até mostrou um poder de recuperação na pista de Silverstone, mas nos treinamentos voltou a apresentar um volume abaixo da história da construtora na Fórmula 1. No treino classificatório, Charles Leclerc ficou com o 10º melhor tempo e Sebastian Vettel com apenas o 14º lugar. A trajetória de ambos durante o GP precisará apresentar um volume acima do que vem acontecendo até o momento nesta temporada para que monegasco e alemão façam uma prova digna.

Aprenda na Escola da Aposta tudo o que você precisa saber para se dar bem no mundo do trader esportivo

Veja as cotações da BetFair para o GP de 70 anos da Fórmula 1:

Lewis Hamilton – Mercedes – 1.6

Valtteri Bottas – Mercedes – 2.15

Max Verstappen – RBR – 12.0

Daniel Ricciardo – Renault – 50.0

Nico Hulkenberg – Racing Point – 50.0

Lance Stroll – Racing Point – 100.0

Charles Leclerc – Ferrari – 100.0

Pierre Gasly – AlphaTauri – 100.0

Alexander Albon – RBR – 100.0

Lando Norris – McLaren – 100.0

George Russell – Williams – 250.0

Kevin Magnussen – Haas – 250.0

Antonio Giovinazzi – Alfa Romeo – 250.0

Carlos Sainz – McLaren – 250.0

Sebastian Vettel – Ferrari – 250.0

Romain Grosjean – Haas – 250.0

Esteban Ocon – Renault – 250.0

Kimi Raikkonen – Alfa Romeo – 250.0

Nicholas Latifi – Williams – 250.0

Daniil Kvyat – AlphaTauri – 250.0

LEIA MAIS:

Fórmula 1 testará programação com um treino livre no GP de Ímola

500 Milhas de Indianápolis será sem público

Fórmula 1: Bottas renova com Mercedes até 2021