Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Gabriel Jesus ignora Palmeiras e Manchester City e elege título com a Seleção Brasileira como o mais especial da carreira

Jogador foi campeão nacional no Brasil e na Inglaterra, mas escolheu outro título

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divugação

O atacante Gabriel Jesus não se absteve quando questionado sobre qual foi o título mais importante de sua carreira até o momento.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Em entrevista a Zico, no Canal Zico 10, o camisa 33 do Manchester City ignorou seu atual clube, o Palmeiras, seu clube de formação, e escolheu o ouro com a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2016 como o mais especial desde sua estreia como profissional.

“Sempre considero todos os campeonatos que ganhei como muito especiais, porém, se tiver que escolher um, escolho as Olimpíadas”, admitiu o atacante de 23 anos.

“Porque se tratando do Brasil, o país do futebol, foram muitos craque que tenho como inspiração que tentaram e não conseguiram vencer. Nós, por uma felicidade, vencemos no Rio, no nosso país. Então as Olimpíadas marcaram muito, ficou na memória muito forte.”

Mesmo com apenas seis anos no futebol profissional, Gabriel Jesus coleciona títulos importantes.

Pelo Palmeiras, o atacante conquistou a Copa do Brasil de 2015 e o Brasileirão de 2016, tendo sido eleito o melhor jogador da competição.

Pelo Manchester City, Gabriel conquistou a Premier League duas vezes, em 2017/18 e 2018/19, além de três Copas da Liga Inglesa (2018. 2019 e 2020) e uma Copa da Inglaterra (2019). O jogador ainda conquistou duas Supercopas da Inglaterra (2018 e 2019.

Com a Seleção, além da medalha de ouro olímpica em 2016, o atacante ainda conquistou a Copa América de 2019.

Leia mais:
De fuga e insegurança a destaque e titularidade: como Patrick de Paula saiu de comunidade no RJ para se tornar peça-chave no Palmeiras

Atacante da Série C, jogadores sub-23 e mais: relembre a convocação “aleatória” do Brasil para a Copa das Confederações de 1999

As melhores notícias de esportes, direto para você